Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Sede meus imitadores como sou de Cristo


Será que podemos tomar as palavras do apóstolo Paulo para nós também? Será que podemos pedir para as pessoas nos imitarem, pois nossas obras são as obras de Jesus Cristo? Se alguém nos seguir estará seguindo os exemplos que Cristo deixou?
Creio que esta é uma pergunta muito profunda para todo crente em Cristo Jesus!
É óbvio que Paulo quando disse isto em I Coríntios 11:1, não estava dizendo que ele era perfeito como Jesus, mas que ele tinha mais de Deus em sua vida do que os pecados, ou seja, ele vivia mais nos padrões da bíblia do que dando vazão para o pecado em sua vida.
Há pessoas que precisam entender que ser parte do povo de Deus, exige também uma conduta de vida a seguir.
Vede que fomos chamados para sermos testemunhas de Jesus (Atos 1:8), então podemos dizer que ser testemunha neste caso é levar o testemunho de Cristo, ao que este testemunho está ligado com nossa mudança de vida, mente, ignorar o pecado, buscar Deus.
Indo por este caminho, entendemos que testemunhar não é apenas falar de Cristo, mas viver Cristo. Romanos 6:6 colabora ao dizer que nosso velho homem (aquele que não conhecia a Deus e vivia longe de suas vontades) foi crucificado, sendo que o pecado, as obras da carne não podem mais guiar nossa nova vida em Cristo.
Assim não há como alguém ser testemunha de Cristo vivendo no pecado ou falando de Jesus, mas não vivendo uma vida condizente com o que prega.
O maior testemunho de Cristo, é nós mostrarmos para os outros Cristo vivendo através de nós, ao que o verem agindo em nós, terão alguém para se espelhar, como um discipulador, algo que está contido nos ensinos bíblicos, isto é, o discipulado.
II Coríntios 3:2-3 nos comissiona a sermos cartas de Cristo para os outros, ou seja, as pessoas quando verem nossas obras saberão que Cristo é ministrado em nós, pois seguimos suas obras, seus mandamentos.
Não é errado alguém se espelhar no outro quando o outro está em um nível de unção, espiritual e de conhecimento acima dele. É o discipulado que Cristo ensinou e devemos ser EXEMPLO para os novos convertidos e para os que ainda não crêem em Jesus Cristo.
Só para constar, deixo também o texto de Tiago 2:18 onde devemos testificar nossa fé não apenas com palavras, mas também com nossas ações.
Por isto, devemos evitar a máximo contendas, fofocas, brigas, ódio, maledicências, inveja, ciúmes, porfias, a prostituição, divisões, roubos, engano, rivalidades e outras obras que provem da carne.
Se vivermos neste estilo de vida acima citado, não podemos servir de exemplo para ninguém e se não vivermos no que acreditamos, ou não vivermos o que pregamos, então não somos convertidos!
Que Deus vos abençoe e que você possa dizer, mesmo ainda não sendo perfeito, sede meus imitadores como sou de Cristo.

Outros artigos relacionados:
Perdidos dentro da Igreja
Seu temperamento já foi transformado?
Hipocrisia, um mal que assola a Igreja

Não deixem de ir até o final do blog para ver artigos que são os mais acessados.

4 comentários:

  1. irmão este é risco desta palavra, do mesmo jeito que na bíblia existe uma justificativa alguém colocar um copo de água em cima da TV ou compra um pedaço de roupa do pastor, bispo ou apóstolo usando o texto de Paulo que as partes de sua roupas eram usadas para fazer milagres, esquecemos que criamos um sistema que não é errado pelo copos ou gravatas e sim pelo própria sistema que adora e admira a homens, e um dos risco é colocar os níveis de fé ou unção, ou seja em vez de cada um ter um dom conforme o Espirito Santo concede temos homens que tem os mesmo dom dos seus lideres ou seja se tocar no Pastor eu serei curado, se tocar no Presbítero serei 50% curado, ou seja tocar em homens para ser curado é bíblico, porem criamos uma lógica aonde homens são o intercessores entre Deus e aquela pessoa sem percebemos, é mesmo caso de obedecer aos vossos pastores que fala para um conjunto de lideres que podem corrigir um a outro pois todo homem é falho sim, e colocamos o líder que deve ser obedecido e imitado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por Helliton Soares Mesquita
      hellitonsm@msn.com

      Excluir
  2. Helliton,

    (Creio que foi você que escreveu o texto, por isso vou lhe chamar assim).

    Bem, acho que esta adoração aos pastores que estão fazendo é errada. É um costume católico de colocar um líder no lugar de Cristo.

    Sabemos também que muitos desses estão atrás apenas do din-din dos outros.

    Fiz a algum tempo um artigo aqui no blog sobre isso. Não me lembro o nome dele (falava a respeito da idolatria evangelica com pastores e musicos).

    Se eu achar posto o link para ti.

    No mais, obrigado pelo comentário.

    ResponderExcluir
  3. www.missionariaaracelle.blogspot.com.br

    ResponderExcluir