Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



terça-feira, 12 de julho de 2011

Tatuagens e piercings, o crente pode ou não fazer e usar?


Logo de início quero lembrar-lhes que faz algum tempo, que postei aqui no blog a matéria “Usos e costumes com seus mitos e verdades” (deixarei no final do artigo um link), então peço que os leitores deste artigo se puderem, dêem uma lida no que escrevi lá.
O que estarei postando aqui agora é parte, de uma resposta que dei em um comentário no referido artigo acima citada, apenas vou complementar.
“Em Levítico 19:28 a palavra de Deus nos proíbe de fazer marcas (tatuagens) pelos mortos, ou qualquer outra coisa, sendo assim, seria errado fazê-las. Alguns dizem que isto foi apenas no AT, e para o NT não vale mais, porém tanto a tatuagem como o piercing tem que ser algo que não lhe traz culpa na sua mente. Em Romanos 14:23, diz que se você faz algo sem fé, é pecado, ou seja, se sua mente te condena por algo, se você tem dúvida se é ou não pecado, NÃO O FAÇA e em I Coríntios 6:19-20 diz que somos templo de Deus, pertencemos a Ele, sendo assim, a marca que temos que ter é o ESPÍRITO SANTO, a marca da verdade, e não nos marcarmos com algo mundano que estará em nosso corpo até a morte. Pense: "Se você se casa com alguém, você aceitaria que este tatua-se o nome de outra pessoa?". Uma vez salvos, somos marcados com o sangue de Cristo, esta tem que ser sua tatuagem, a no espírito. Com relação ao piercing, desde que não seja algo extravagante, creio não haver problema (para mim piercing é como um brinco, mas não na orelha), porém como eu disse, se tens dúvida, e sua mente te condena, não faça.”
Esta foi uma resposta curtinha que dei para uma pergunta no comentário, mas quero acrescentar algo mais à ela.
A tatuagem (como respondi no comentário) é algo proibido com relação à memória de alguém que se foi, tanto a pintura definitiva como marcar o corpo com aquelas tatuagens que são feitas com cortes. Porém se você analisar a resposta dada, verás que a marca que devemos ter é a do ESPÍRITO SANTO. A bíblia fala que nosso corpo é o Templo do E.S., assim se você faz algo permanente, não natural, acaba por estar destruindo aquilo que Deus te deu, o seu corpo.
Pergunto-lhe, se você cortar seu braço não estará destruindo o seu corpo? Não seria algo irreversível? Da mesma maneira penso eu embasado nas minhas convicções filosóficas da bíblia com relação a tatuagem. Ela não é algo estético, o que ela traz é algo completamente não natural, chego a comparar a uma mutilação, pois onde existia pele, depois da tatuagem será algo que jamais alguém nasceria com ela. Antes que façam um paralelo disto que acabei de dizer com relação a cirurgia plástica, digo que a cirurgia plástica corrige deformidades, a tatuagem traz uma deformidade. Jamais (por exemplo) alguém nascerá com um dragão desenhado em suas costas ou com o nome “Jesus” escrito em seu ombro. O pior é que não tem jeito de tirar, mesmo que tentar tirar a base do lazer, sempre ficará a mancha da mutilação! E só para você saber, entre os judeus a proibição é tamanha, que se um se tatuar, lhe será proibido ser enterrado em um cemitério judeu! Por isto sou contra, minha opinião. Eu não indico e nunca faria uma, mas se isto não lhe pesa o coração, faça o que quiser, porém de tudo que falamos ou fazemos aqui na terra, daremos conta à Deus. Se alguém fizer não perderá sua salvação, mas trará sobre si a sina de desobediência as escrituras.
Piercing para mim é como um brinco (como dito na resposta). Se vermos o escrito de Gênesis 24:47, teremos a nítida imagem de Rebeca (que seria a futura esposa de Isaque) usando um piercing no nariz.
Assim como a maquiagem, o uso de pulseiras, um alisamento de cabelo ou mudança na cor dos mesmos, tanto o uso de brincos como piercing são estéticos e o principal, reversíveis.
Mas como também respondi, não pode ser algo exorbitante, exagerado. Tem pessoas possuem mais de 300 piercings pelo corpo e até em zonas particulares, trazendo mutilação e um desconforto terrível. Neste caso, seria um pecado de destruição do corpo, deformando aquilo que foi formado por Deus.
Com isto então posso lhe dizer que ao uso de piercing de forma moderada e normal, nada tenho contra e olha que nunca tive vontade de por um e nem acho bonito, mas não posso dizer que é errado, pois a bíblia mesmo não testifica contra.
Concluindo, quero deixar mais uma vez o que disse na parte final da resposta que dei: “Em Romanos 14:23, diz que se você faz algo sem fé, é pecado, ou seja, se sua mente te condena por algo, se você tem dúvida se é ou não pecado, NÃO O FAÇA e como eu disse, se tens dúvida, e sua mente te condena, não faça.”
No mais, que Deus lhe abençoe e traga sempre a luz da sua palavra para não andar com o peso do erro no seu espírito.

Outros artigos que talvez lhe interessem:

Usos e costumes com seus mitos e verdades:
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/01/usos-e-costumes-com-seus-mitos-e.html


Libertação e o misticismo da Igreja
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/01/libertacao-e-o-misticismo-na-igreja.html

Por que tarda o avivamento
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/01/por-que-tarda-o-avivamento.html

Ecumenismo, onde tem isto na Bíblia
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2010/12/ecumenismo-onde-tem-isso-na-biblia.html

Profetas contemporâneos
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2010/12/profetas-contemporaneos.html

Crentes tradicionais x crentes pentecostais
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/02/crentes-tradicionais-x-pentecostais-por.html

A Influência da internet na juventude
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2010/12/influencia-da-internet-na-juventude.html

Seitas e heresias: Catolicismo e adventistas
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/06/seitas-e-heresias-adventistas-do-setimo.html

Fofoca: rede de mentiras e semente do mal
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/03/fofoca-rede-de-mentiras-e-semente-do.html

E a tal teologia da prosperidade: isto é certo ou não?
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/05/e-tal-teologia-da-prosperidade-isto-e.html

Por que não vemos mais milagres hoje em dia?
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/03/por-que-nao-vemos-mais-milagres-hoje-em.html

Não deixem de ir até o final do blog para ver artigos que são os mais acessados.

11 comentários:

  1. Muitississimo bem explicado Prs Samuel!
    Realmente as pessoas na maioria das vezes citam Lv 19:28 para embasar a idéia de que tatuagem é proibido, mas acaba sendo um assunto polêmico e que cada um vê de uma forma (geralmente da forma que acha conveniente para sí), o jeito é buscarmos na palavra e pedir auxilio ao Espirito Santo para fazer somente o que for melhor.

    Graça e paz!

    Victoria Marques

    ResponderExcluir
  2. Espero então ter sanado suas dúvidas. Meu embasamento contra a tatuagem como já dito, não é o de Levítico, mas o de Coríntios.

    O maior problema da tatuagem, é que o Templo do Espírito Santo (o corpo), fica descaracterizado do que lhe é natural, além de ser algo irreversível.

    Penso como Paulo, as marcas que temos que ter em nosso corpo, são as marcas de Cristo! Que Deus lhe abençoe, valeu o comentário.

    ResponderExcluir
  3. O texto de 1 Coríntios 6:12 alerta: “Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém”. Nem tudo é conveniente para o cristão, mesmo não sendo pecado. Há que se usar o bom senso em cada situação.

    ResponderExcluir
  4. Valeu pelo comentário Aline. E digo que voce se utilizou de sábias palavras! Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir
  5. Quero deixar aqui eu penso disso:A questão das tatuagens, juntamente com a questão do aborto e da homossexualidade, é uma das questões que geram mais polemicas no seio da igreja.
    A questão das tatuagens é pertinente porque a sociedade em si não vê problemas nenhuns em colocar marcas em certas áreas do corpo como forma de fazer passar uma certa filosofia de vida.
    Tendo em conta esta atitude complacente da sociedade atual, o que é que o cristão deve fazer? Será que devemos ser “fundamentalistas” e negar toda e qualquer expressão artística que envolva a gravação de imagens ou palavras no corpo? Ou será que devemos ser mais “liberais” neste ponto, como forma de mostrarmos que os cristãos são “pessoas normais”?
    A meu ver todas as decisões morais que o cristão pense em tomar devem começar na Palavra Daquele que sabe tudo (o Senhor Jesus Cristo), e não nas opiniões dos homens falíveis.
    O que é que Deus diz acerca disto?
    Não fareis lacerações na vossa carne pelos mortos; nem no vosso corpo imprimireis qualquer marca. Eu sou o Senhor. (Levítico 19:28)
    Muitas vezes Deus alerta-nos para comportamentos que em si não são maus más que podem causar o desvio dos fracos na fé (ou causar confusão àqueles que não conhecem a Cristo). Por exemplo, o Apóstolo Paulo diz
    Pelo que, se a comida fizer tropeçar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para não servir de tropeço a meu irmão. (1 Cor 8:13)
    Não há nada de mal em comer carne, mas se tal comportamento levar a que um irmão esmoreça na fé, o Apóstolo Paulo diz que não comerá a carne. O princípio aqui é o de que há atividades que em si não são pecado mas que podem ser formas que o homem use para se afastar de Deus.
    A prática de marcar o corpo está Biblicamente e historicamente associada à práticas pagãs e à adoração de deuses alheios. Deus proibiu o Seu Povo de seguir o erro dos pagãos como forma de separá-los das nações (Lev 19:28). Hoje em dia o motivo da marcação do corpo não é o de adoração de deuses alheios (embora em certos casos, haja algo de idólatra nessa prática) más sim o suposto “embelezamento” do mesmo. No entanto, a Palavra de Deus diz:
    Abstende-vos de toda espécie [aparência] de mal. (1 Tessalonicenses 5:22)
    Reparem que neste verso, Deus manda que não só nós nos separemos do mal, mas também de tudo o que aparenta o mal.
    Por exemplo, imaginem um casal de namorados cristãos que acredita e prática a abstinência, mas que tem por hábito passar a noite na casa de um ou de outro. Embora eles possam não fazer nada de mal, para as pessoas que os veem a agir deste modo vai ser difíceis fazer-lhes ver que, apesar do que aparenta, o casal cristão prática o superior comportamento da abstinência. O que aparenta vai ser a causa de confusão e não o que está de fato a ser feito.
    O mesmo se passa com as tatuagens. O que aparenta vai falar mais alto do que aquilo que o cristão verdadeiramente acredita.
    Conclusão:
    A meu ver, o comportamento bíblico no caso das tatuagens é o de rejeitá-las a todas por completo, mesmo que uma delas seja “Deus é Amor”. O descrente não vai olhar para isso como uma declaração de amor pelo Pai, mas sim como uma evidência de que “não há nada de mal em marcar o corpo com coisas de que se acredita”.
    Nós sabemos que isso não é verdade, e como tal, para que o nosso comportamento não seja pedra de tropeço para almas pelas quais o Senhor Jesus Cristo morreu, o melhor é deixar o corpo vazio de tatuagens.
    Uma tatuagem é uma declaração de algo em que se acredita, sendo que a maioria delas é feita com o expresso propósito de exibi-las. Se o cristão quer declarar ao mundo que ele ama o Criador, o melhor é colocar marcas no seu espírito e exibir essas “marcas” com o seu comportamento.
    E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:2)

    LEIA TAMBEM:ROM.12:01-02 – 1 JOAO 2:15 a 17 – 1COR.6:12 e 10:23 a 31 – FILIP.4:08 – 1TESS.5:22 – HEB.12:1
    MARANATA !!! O SENHOR JESUS VEM!

    ResponderExcluir
  6. ok. Se estudarmos a origem dos piercing por exemplo descobrimos que vem de povos que adoram a outros deuses e nao ao Deus verdadeiro o que criou o ceu e a terra. Misturam o mundano com o santo . Pode se ate pensar que nao tem nada haver mas Deus lhe dira naquele grande dia se tem ou nao. Outra coisa se e coisa so do velho testament e nao do novo . E o velho testament pra muitos crentes so existe as promessas de Vitoria contra o inimigo ai sim querem vive lo quando se fala de leis ai querem se agarrar no novo testament,. Vejam apocalypse se e a Graca realmente e como estao pregando qaue tudo pode. Se fosse assim Deus nao condenaria muita coisa que se ve ali . O Ser humano gosta de ajustar tudo ao seu prazer carnal usando a palavra de Deus em Cristo como defesa para libertinagem . Usam aparencia mundanas dizendo que Deus nao faz acepcao com certeza ele nao faz ele mesmo diz Venha como esta mas nunca disse permaneca da mesma forma . Acredito que nao preciso ficar dando versiculos se sao Crentes devem conhecerem a Biblia ne . Sem offender viu irmaos.

    ResponderExcluir
  7. Concordo com anônimo de 18 de junho de 2013. Por diversas vezes os homens de Deus eram reconhecidos da massa. João Batista foi reconhicido como profeta pelas vestes, Pedro depois que negou a Jesus foi reconhecido como discípulo pela sua forma de falar, e a bíblia nos traz outros e outros exemplos. E hoje, como conhecer um cristão dentro dessa sociedade moderna? Parece que todos são iguais. Antigamente um crente tinha prazer em se comportar, vestir diferente do mundo para ser reconhecido como tal. Sei bem que isso somente não caracteriza um cristão, mas não devemos nos conformar com esse mundo, muito menos querer imitá-lo. Até certos descrentes se escandalizam com a atitude de certos cristãos. Pessoal, está na hora de mudar. Aceitar certas coisas é deixar de renunciar e tornar o evangelho sem cruz, e na verdade ele é bem diferente disso. 2Coríntios 5:17 "tudo se fez novo". Ninguém pode renascer e ficar da mesma forma, a palavra é bem clara, TUDO, TUDO, TUDO se fez novo. Isso implica em mudança. Não imitemos o mundo, mas façamos de tudo para o mundo ser influenciado pela igreja do Senhor!

    ResponderExcluir
  8. Palavra fala que aquele ama o mundo nao ama a Deus ...

    ResponderExcluir
  9. Anaxágoras Cb Cavalcanti 12 de janeiro 2016 22:46
    Paz e Graça de nosso Sr Jesus Cristo as colocações do irmão foram otimas, mas é uma pena que ao ler o que foi postado vejo que tem muitas pessoas que se intitulam servos na realidade não são, eu fico meditando quantos jovens que estavam na igreja e quando tiveram o desejo de se tatuar, mas por falta de conhecimento e maturidade espiritual levaram para os lideres e até os proprios pais, e que resposta tiveram isso e do diabo,crianças e jovens que precisavam de esclarecimento e não tiveram. A igreja não esta preparada para vinda de Cristo sabe porque falta amor que o vinculo da perfeição e o que chama atenção de Deus, ai sim o Espirito da Verdade ensinao caminho que deve seguir.É uma pena que quando o homem coloca um terno que custa uns miséros reais e um salário que muitas vezes não tinha ai fica todo cheio de si, ai eu pergunto quem tu que julgas servo alheio, aquele que está em pé cuide para não caia.Essas palavras digo para os não conhecedores da bíblia.


    ResponderExcluir
  10. Gostei de alguns modelos de piercing desta loja http://www.alargadores.com/piercings e gostaria de saber se alguém já comprou e sabe se os produtos são de qualidade.

    ResponderExcluir