Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



domingo, 26 de dezembro de 2010

Profetas contemporâneos

É quase impossível um que um crente com mais ou menos cinco anos de convertido, não tenha recebido uma profecia de alguém.
Geralmente, ouvimos muitas profecias em igrejas pequenas, em casas de irmãzinhas de oração, cultos para descida de pentecostes, missionários que vêem fazer uma campanha na sua igreja, roda de oração, e claro, não poderia esquecer do monte.
Pois bem, já com essa introdução, tenho certeza que a maioria dos leitores do blog deve ter-se identificado com algum dos locais supra mencionados, ou se não, pode ter certeza que tal experiência você terá!
Mas, o que é profecia?
Segundo a carta de I Coríntios 14 : 1, é descrito como um dom: "Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar."

É descrita também no versículo 22 como um sinal para os fiéis: "De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis." 

A profecia deve ser inspirada pelo Espírito Santo (2 Pedro 1:21) e não deve ser desprezada (1 Tessalonicenses 5:20).

Diante disso, posso começar a discorrer dos profetas da atualidade.

A palavra de Deus nos indicada dois tipos de profecia. A primeira é com base na palavra. É a mais importante, pois qualquer crente pode ser usado para falar essas palavras, porque nada mais é que, a simples e pura pregação das profecias contidas na palavra de Deus.

Em II Pedro, o apostolo diz : "Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação."  (II Pedro 1 : 20). Ora, sendo assim quando a pessoa prega a Bíblia, em uma parte profética, ele está reproduzindo algo que já foi profetizado, porém não está deixando de ser usado como um profeta.


O outro tipo de profecia é aquela dirigida à igreja, para edificação, exortação e consolo como dito em I Coríntios 14:3; e também  para o convencimento através da revelação da palavra dirigida à ele I Coríntios 14:24-25.
Bem, o fato é que no meio das profecias existem as profetadas feitas pelos “profetas” do tal “Eis meu servo”; “Eis que o Senhor te diz”; “Fala Jeová”; “Estou vendo uma chave na tua mão minha serva”; “Eis que estou abrindo as portas”; “ Olha a tua ungida, e está que ti profetiza”; “O Senhor manda ti dizer, sai da tua igreja que Ele quer ti usar em outro lugar”; “Eis que ti envio para os Estados Unidos”, e caros leitores, por aí vai, vai e vai. Seria extenso postar aqui tudo o que já ouvi deste tipo pseudo-profetas!
O problema, como mencionado lá na introdução do texto, é que nesses lugares predispostos as profecias, a maioria são profetadas. E cada profetada dessa faz um estrago, principalmente se à quem foi dirigida é um neófito, um novo convertido!
Já vi muitos entrarem em parafuso, se casarem com uma pessoa por meio de profecia, dar casa, carro porque o profeta mandou.
Tem muitos que o fazem por ganância, procura de fama, ou porque se converteu nessas igrejinhas ou rodas de oração (é o discipulado); mas tem aquelas profetadas (e são muitas) que acontecem por falta de entendimento, criancice, meninice, por alma!
Certa vez participei de um acampamento onde teve a tal profetada, duas irmãzinhas, que “era anjo descendo e subindo”; “fui para o céu”; “to vendo as almas agora no inferno”; e o slogan do “eis meu servo e minha serva” à torta e a direita, e que é claro que nada do “profetizado” aconteceu.
O que temos que ter em mente é o seguinte, fixe isso:
O livro de Deuteronômio 18:21-22 nos dá o discernimento ante tal situação.
 Escute bem o que o profeta te disse, mas não faça nada do que ele te passou sem antes falar com seu pastor, pois o seu pastor é o seu maior profeta, sempre, SEMPRE, quando alguém profetizar sobre você não deixe de relatar ao seu pastor;
Outra coisa muito importante, se o que ele profetizou não aconteceu, essa profecia não era de Deus, é um mentiroso, despreze qualquer profecia deste “profeta”;
Por último, não é pecado julgar a profecia! Não tema o profeta que profere palavras que não vieram de Deus!
No mais, que o Senhor Jesus, o maior dos profetas, esteja trazendo sobre sua vida, as palavra que você precisa para continuar na fé!

11 comentários:

  1. foi muito bom o post mas fiquei meio aparte do estudo depois vou ler com mais tempo VLW...
    DANIEL CBC.

    ResponderExcluir
  2. Tá ok então! Continue acessando blog e dando suas opiniões e dicas, são de grande valia. Shalom.

    ResponderExcluir
  3. o boca aberta , ESSE NEGOCIO DE PROFECIA é tenso mesmo, tava lendo essa matéria e me lembrei de uma mulher que foi na igreja e falo um tanto de trem em linguas e depois ela traduzia em português kkkkkkkkkk, tipo eu começei a rir na cara dela, acho que fui errado e ela falou no microfone "nao ria" mas ai que eu ri mesmo ela falava uns trem engraçado, mas tipo acho que foi até errado , nem lembro o que ela me falo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devemos julgar a profecia sim, como a Bíblia nos ensina, porém, temos que ter o cuidado para não fazer isso de maneira jocosa. É nessa hora que podemos praticar o fruto do Espírito, o AMOR. A propósito, não entedi nada do que o Sr. Vitor quis dizer.

      Excluir
    2. Paz Pastora Hozana,

      O Vitor é um adolescente que frequenta a mesma Igreja que eu. Como todo adolescente, ele é meio sanguíneo e faz suas "meninices".

      Concordo contido que devemos julgar a profecia, e de maneira que não venha ser desrespeitosa.

      Porém, acho que o que ele quis falar é de alguém desequilibrada nitidamente e que ele sabia que de profeta não tinha nada.

      No mais, muito obrigado por seu comentário e espero que continue colaborando com o blog.

      Que D-us lhe abençoe pastora.

      Excluir
  4. Valeu pelo post gordinho!!!É, essas coisas acontecem mesmo, tem certas coisas que chegam ser hilárias.

    ResponderExcluir
  5. renato,paraguaçu mg19 de outubro de 2011 12:33

    e verdade este poblema de profetada e comum em, muitas, igreja aqui na minha igreja ,tanbem nao e diferente, deves emquando apareçe algumas desse tipo , mas vamos ;orar para que deus converta estes,crentes ,verdadeiramente!!!!

    ResponderExcluir
  6. Valeu pelo comentário Renato...

    Devemos orar por eles e por nós também para não sermos enganados pelos mesmos.

    Fiz outra matérias sobre falsos profetas e como identifica-los... Se puderes dê uma lida também.

    Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  7. pastor achei interesante esse estudo,mas acho que muitos desses profetas fazem isso por falta de terem lideres que ñ os ensina a maioria desses profetas sao pessoas leigas que ñ tem conhecimento da palavra ,essas pesssoas estao enfermas precisando de remedio e de alguem que paguem um presso por eles,ja vi muitos pastores criticarem esses profetas mas ñ fazem nada para que eles mudem

    ResponderExcluir
  8. Realmente muitos são pessoas legais mas que não tem discernimento, talvez por causa de um discipulado errado, estes devem ser advertidos com amor e ensinados da maneira correta.

    Porém muitos sabem que o que estão fazendo é errado e mesmo assim continuam, a estes sempre devemos manter o alerta e fugi dos mesmos.

    Valeu o comentario.

    ResponderExcluir
  9. Prezado Pr. Samuel Elias, Shalom Adonai!
    Muito interessante os seus estudos, tenho aprendido muito, continue assim!
    Que Deus o abençoe. Também sou advogado e Pastor.
    abraços.

    ResponderExcluir