Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



quinta-feira, 10 de maio de 2012

POLÊMICA: Espiritismo, a religião que não sabe o que é “amar o próximo como a si mesmo e como Cristo nos amou”.



Sempre quando posto aqui no blog algum artigo vinculado ao tema, todas as vezes muitos seguidores do espiritismo tecem comentários contrários a forma de como mostro as doutrinas da bíblia.

Para a maioria dos espíritas, Deus está em todas as religiões e filosofias, o que Ele busca nas pessoas são boas ações, pois quem faz boas ações estará em um processo de aperfeiçoamento. Sendo que o que comete más ações estará trazendo sobre si, na próxima “reencarnação”, uma dívida para ser paga, virando alguém que vai sofrer muito, tipo, alguém que nasce deficiente.

Diante disto, sempre bato neste tipo de doutrina, que ofende completamente a palavra de Deus, e mostro com base bíblica o ponto de vista de Deus!

Quando o faço, toda vez aparece um para levantar a frase que Cristo falou, o que devemos é “amar o próximo como a si mesmo ou o novo mandamento, que nos amemos uns aos outros como Ele nos amou”.

O negócio é que não compreendem estas frases que Jesus falou acima! NUNCA siga alguém que pega um texto e esquece o contexto!

Vamos analisar então alguns quesitos que coloquei no segundo parágrafo desta postagem.
Para eles existe uma “auto-justificação” que a própria pessoa busca em seus meios. Do liame deles, não necessita-se de Deus propriamente, já que a obra redentora de Cristo de nada adianta, pois a salvação, que no caso deles seria uma “melhora” para próxima vida, é exclusivamente da pessoa, pelas obras!

Sob este patamar, não resta dúvida que desconhecem a amor de Deus. A obra de Cristo na cruz anulou a salvação mediante os próprios meios, sendo ela feita através da fé, pela graça e misericórdia do nosso Deus.

Preste atenção que, a forma do amor deles é um amor egoísta, orgulhoso e prepotente, não reconhecedor da misericórdia de Deus! Completamente diferente do amor de Deus.

Em João 13:34 Jesus disse: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis”.

Ora, quão antônimo está este amor da doutrina espírita para o amor que nos é mostrado na bíblia.

Se eles amassem os outros como Cristo nos amou, identificariam certas coisas como por exemplo:

A salvação é para todos, independente de boas obras, sendo que a fé é o agente salvador.

Para eles isto é um absurdo, pois como pode uma pessoa que “sempre fez o bem” não ser salvo, por não ter fé e uma pessoa que só fez o mal, no final de sua vida arrepender-se, mostrar fé e ser salvo?!

Daqui já vemos que não conhecem o amor de Deus, quem dera se conhecessem o que diz Mateus 20:1-15, saberiam que o amor de Cristo é bem diferente da noção de amor dos humanos.

Pegando um gancho no pensamento anterior, note que o novo mandamento não é amar o próximo como a si mesmo, MAS amar como Cristo AMOU.

O amor do espiritismo é egoísta porque as pessoas “amam” os outros, mas estão na verdade pensando em si mesmos! O fazem para ter uma melhor reencarnação, em outras palavras, isto não é amor, é uma barganha!

O amor para Deus não é assim! A visão bíblica nos ensina a amar não para sermos salvos, mas sim porque fomos salvos! E quem é salvo e está em Deus, ama, pois Deus é amor.

O amor de Deus é tão profundo que não interessa como foi o passado da pessoa, Ele está disposto a perdoar a todos nossos erros, sem necessitarmos por nosso esforço alcançar o perdão, pois Cristo fez isto na cruz por nós.

Que amor é esse!? É o amor que a bíblia ensina. É o amor que nos justifica sem merecermos. O espiritismo é uma doutrina do merecimento, só que, diante de Deus ninguém merece nada! Na verdade o que merecíamos era o inferno, porém, Deus quis mostrar o ser amor e NOS ENSINOU A DEPENDERMOS DESTE AMOR.

Não há ninguém que é bom! Jesus mesmo disse isto. Assim, se for por bondade humana, ninguém será salvo e não ache que a salvação se dá por visitar alguém doente, ou alimentar os necessitados, ISTO NÃO PASSA DE NOSSA OBRIGAÇÃO.

A salvação vem quando reconhecemos que o amor de Deus é bem maior, profundo e imensurável do que o amor que humanidade conhece. Outra coisa, após reconhecer isto, devemos depender desse amor, de sua misericórdia. E entender que não há diferença do perdão de Deus para alguém que salva vidas do que para um que ceifa vidas. Para o ser humano isto é um absurdo, porém o amor de Deus é muito maior que o nosso.

Que Deus vos abençoe e espíritas, não fiquem bravos comigo, apenas quis falar do amor de Deus sob a ótica da palavra.

Artigos relacionados com o tema:

Erro grotesco na minissérie Rei Davi ao fazer apologia ao espiritismo.
http://www.templojovemvirtual.blogspot.com.br/2012/03/erro-grotesco-na-minisserie-do-rei-davi.html 

Alerta: espiritismo x Bíblia:
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/02/alerta-espiritismo-x-biblia_04.html

Jesus era contra o espiritismo ou não? E a questão de quem nasce deficiente.
http://www.templojovemvirtual.blogspot.com/2011/10/jesus-era-contra-o-espiritismo-ou-nao.html

OBS.: Não deixem de olharem na parte final do blog, os artigos mais acessados.

14 comentários:

  1. AQUELE QUE NÃO NASCER DE NOVO NÃO PODE VER O REINO DE DEUS.... NECESSÁRIO VOS É NASCER DE NOVO


    “PRINCÍPIO DA NATUREZA CÓSMICA”

    Algumas reflexões respeitáveis para discernimos o raciocínio lógico de causa e efeito que rege a programação da Vida.

    - Crês em Deus? Ser Supremo que reina sobre toda a Natureza cósmica: material e imaterial, visível e invisível?

    - Acreditas que no interior do ser humano exista uma essência indivisível, que denominamos de alma ou espírito, e comanda todos os sentidos e sentimentos, e que sobrevive para além do falecimento dos órgãos físicos?

    Ou, admites que a Vida seja apenas um impulso acidental de forças geradoras, destituídas de racionalidade e organização?

    - As leis da Natureza instituídas pelo Criador da Vida, que regem a existência dos seres, são perfeitas? Expressam Justiça com equidade? Revelam Sabedoria equilibrada com Amor? São Inteligentes e extremamente progressistas?

    Ou, toda essa providência inexiste, e tudo é apenas um mero jogo fortuito de energias do acaso? No qual os seres nascem, crescem, se desenvolvem tal qual um fruto que brota num caule de uma planta qualquer, e depois morrem sem nenhuma ascendência de causa inteligente que tenha programado racionalmente a existência desses seres?

    - Como entender as causas das desigualdades intelectuais e morais dos seres humanos, durante o transcorrer das eras terrestres?

    - Como entender os contrastes individuais da personalidade: O amor e o ódio? O bem e o mal? O saber e a ignorância? O instinto selvagem e a espiritualidade angelical? O pecado e a santidade? O vício e a virtude? A saúde e a enfermidade desde o berço?

    - Qual a causa lógica da origem dessa fase que designou a existência de povos embrutecidos no conhecimento? E, em virtude do seu pouco desenvolvimento racional, viviam em extrema ignorância intelectual. A Ciência comprova as suas existências primitivas no período paleolítico, analisadas na pré-história terrestre e denominadas como: “povos das cavernas”.

    - Para onde foram, após a morte física, aquelas almas que encarnaram naqueles corpos e que vivenciaram a fase das cavernas? Qual a destinação, que finalidade alcançou suas consciências, após aquela experiência primitivamente rude? Sucumbiram no caos da inconsciência total? Ou, continuaram progredindo em novas etapas de programação existencial?

    - Sem a compreensão racional da reencarnação teríamos que admitir a força cega do acaso dirigindo os destinos dos povos. A civilização moderna, que se beneficia de altos valores tecnológicos e leis civis cada vez mais humanizadas do que as civilizações primitivas estariam desfrutando de privilégios na ordem da Criação? Principio que seria inaceitável com a mais leve noção de Justiça perfectível em Deus. Tudo, enfim, teria se desenvolvido sem nenhuma Providencia organizadora que orientasse os seus destinos?


    http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/10/reencarnacao-existe-sim-na-biblia.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NECESSÁRIO VOS É NASCER DE NOVO...

      POR QUE? PARA ENTRARDES NO REINO CELESTIAL E PARTICIPAR COMO MEMBRO INTEGRANTE DESSA NATUREZA, NA PLENITUDE DA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

      No entanto, sob a lei natural da reencarnação, como seja das vidas sucessivas, esses povos selvagens revestidos de matéria física e que vivenciaram experiências em eras remotas, acima de qualquer definição - são seres; almas que estão sendo criadas com um objetivo divino: o desenvolvimento da inteligência no aspecto intelectual e moral. Existiram povos das cavernas? Sim; porque essas almas eram pouco desenvolvidas e nasciam nos meios ambientais propícios aos seus adiantamentos, até desabrochar em suas consciências os princípios da civilização. Na verdade, todos nós, coletivamente, é que habitamos nesses corpos das eras das cavernas, em corpos selvagens, em corpos do período da barbárie, em corpos dos tempos medievais, em corpos da era colonial...
      Hoje, na atualidade, novamente, nossas almas foram submetidas pela Providência do Criador à lei natural do renascimento/reencarnação para reviver outras experiências mais civilizadas com o objetivo superior de alcançar a espiritualidade angelical nos sentidos intelectual, moral e aperfeiçoamento para o plano divino.

      E qual a razão de ainda existirem na Terra almas selvagens, e semi-civilizadas? Existem pelo fato de que DEUS, o Criador, jamais deixou de criar e recriar seres.

      - Sob a luz educadora da reencarnação da alma, no cenário da existência terrestre, abre-se perspectiva grandiosa de oferecer aos seres diversas fases de aprendizado ou provas, com a finalidade das criaturas alcançarem a perfeição, que os dirige com justiça, sabedoria e amor para o plano divino. Nesta grandeza, o que representaria 100 anos de provas no mundo terrestre em se comparando com a glória da vida eterna? Sem o elo da reencarnação isto é, das vidas sucessivas que o ser espiritual atravessa nos mundos materiais com o objetivo de conseguir o aperfeiçoamento mental para a Vida celestial, jamais compreenderíamos a Justiça Divina que governa os Céus, com sabedoria e onipotência.

      Nestes raciocínios lógicos estudamos a reencarnação sob os aspectos da filosofia, da ciência, da justiça, da religião, e da revelação à luz e racionalidade dos ensinamentos da Bíblia sagrada.

      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/10/reencarnacao-existe-sim-na-biblia.html

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. REENCARNAÇÃO

    SALVAÇÃO

    Alegam os contraditores da reencarnação bíblica: Se existe a reencarnação como objetivo da alma evoluir para o reino celestial, então porque Jesus prometeu ao ladrão que morria crucificado no gólgota: “hoje mesmo estarás comigo no paraíso”

    Refutação lógica: Religiosos entendam: Com Jesus só há motivos benéficos em se vivenciar lei de amor, solidariedade e crescimento espiritual para Deus.

    Jesus clarificou a divina misericórdia de seus ensinamentos, avivando: Há mais alegria dos anjos no Céu pelo o arrependimento de um só pecador, do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimentos (Lucas 15. 7- 10).

    Assim como um Médico leal aos preceitos da ética jamais dirá a uma pessoa sofrendo na UTI: não vou te prestar assistência, teu caso não tem solução, pois vás morrer dessa doença! E sim, ele dirá consciente na sua missão socorrista: enquanto há vida, há esperança!

    Igualmente Jesus, o divino médico das almas humanas, jamais deixaria de amparar as almas sinceras em seus arrependimentos, na hora crucial de sua transição da existência carnal, para o plano espiritual. “Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las” (Lucas 9:55-56).

    Jesus veio buscar e salvar o que estava perdido (Lucas 19. 10). E Jesus é o divino condutor de todas as dimensões espirituais de vida inteligente que compõem a biosfera do plano terráqueo. O seu convite de renovação espiritual é destinado às almas em todas as faixas mentais de desenvolvimento: “vinde a mim todos que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei, tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou pacífico e humilde de coração, e achareis a serenidade para as vossas almas” (Mateus 11. 28) Obs: jugo = obediência à moral dos ensinamentos do Cristo.

    Todo poder ligando o Céu e o planeta Terra esta sob a jurisdição do Cristo (Mateus 28. 18).

    E uma coisa é alma ser salva das tentações perturbadoras, das tribulações constritivas, e aliviada em suas dores íntimas. E, outra coisa é alma alcançar a sua transmutação naturalmente na essência do seu ser para o reino de Deus - o mais elevado nível de consciência celestial, ou seja: ser Anjo, participar dessa natureza cósmica com plenitude de sua consciência espiritual.

    O espírito do profeta Elias quando foi arrebatado naquela existência não entrou no Céu de luz para participar como membro definitivo do Reino Celestial, precisou retornar em outra reencarnação e viver como João Batista. E, Jesus frisou na sua época: dos nascidos de mulher não apareceu alguém MAIOR que João, mas o MENOR no Reino dos Céus é MAIOR que ele (Mateus 11. 1-14).


    http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/10/reencarnacao-existe-sim-na-biblia.html

    ResponderExcluir
  4. Afirmou Jesus: Na casa do Pai há muitas moradas... Entendamos a casa de Deus é todo Universo composto de astros, luzes, seres, criaturas, forças, causas naturais e sobrenaturais, visíveis e invisíveis.

    Pois em Deus existimos, nos movemos, e temos a nossa razão de viver eternamente (Atos 17. 28).

    As colônias paradisíacas são regiões no plano espiritual que servem de refrigérios e descanso benéfico à alma que sai da luta terrestre cheia de recalques e desgostos. Mas, não é uma passagem para aposentaria compulsória de repouso na inutilidade espiritual. E sim, dimensões de transição educativa, melhoramento, e cura, no equilíbrio psíquico e salutar da alma.

    Reflexionemos a parábola do mendigo Lázaro, que após sua morte corporal, foi conduzido pelos Anjos para o seio de Abraão (Lucas 16. 19 – 31), que é uma esfera paradisíaca que está vinculada à região dos espíritos que reencarnavam na linhagem do povo hebreu. Assim como Nosso Lar descrito na narração mediúnica de Francisco Cândido Xavier é também um paraíso espiritual educacional que está ligado aos seres espirituais que renascem na região do solo brasileiro.

    Os Anjos celestiais prestam assistência espiritual nessas dimensões extrafísicas de vida inteligente.

    Quando a alma se recompõe em toda a sua estrutura psíquica ela sente a necessidade de crescer interiormente para o reino no seio infinito do Pai Celestial, para participar intensamente do contexto dos espíritos santificados na luz divina. Ai é que labora o nascer de novo, a lei da reencarnação para despertamento e ascensão da alma, na Terra; ou, em outros planos siderais movimentados pelo infinito Poder de Deus

    http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/10/reencarnacao-existe-sim-na-biblia.html

    ResponderExcluir
  5. FALTA DE HARMONIA ENTRE CRENTES EVANGÉLICOS, EXATAMENTE PORQUE NÃO SABEM AMAR E RESPEITAR AS DIFERENÇAS


    Divergências que os doutores religiosos inflexíveis da Bíblia causaram no cristianismo originando as diversas denominações de Igrejas exatamente apoiados em passagens e trechos bíblicos antagônicos.

    Todas essas dissensões são movimentadas por interesses religiosos econômicos, e não com intenção de esclarecer as consciências humanas.


    Ministérios Batistas: Betel; Nacional; Renovada; Moriá; Missionária; Shalon; Maranata; Fundamentalista. (Há Batistas que não creem no desenvolvimento dos dons espirituais)

    Igreja Luterana; Igreja Presbiteriana; Igreja Quadrangular; Igreja Mundial do Poder de Deus; Igreja Internacional da Graça; Igreja Universal do Reino de Deus, Igreja Congregação Cristã.

    Entre os Pentecostais criaram-se os Ministérios: Promessa; Missionária; Deus é Amor; Deus é Santo; Luz e Vida; Unida do Brasil, Vitória em Cristo.

    Entre os Católicos; Apostólica de Roma; Anglicana; Ortodoxa.

    Outras denominações religiosas extremamente apegadas ao Antigo Testamento bíblico: Adventistas da Promessa; Adventistas do Sétimo Dia; Sabatistas, Testemunhas de Jeová.

    TODAS ESSAS IGREJAS DIVERGEM EM DOGMAS E NÃO SE CONFRATERNIZAM NA REGRA UNIVERSAL CRISTÃ:

    “AMAI-VOS UNS AOS OUTROS, ASSIM COMO EU VOS AMEI"

    " E AQUELE QUE ENTRE VÓS QUISER SER O PRIMEIRO, ENTÃO QUE SEJA O SERVO DE TODOS”.

    " OS ÚLTIMOS SERÃO OS PRIMEIROS E OS PRIMEIROS SERÃO OS ÚLTIMOS "

    " HIPÓCRITA ! LIMPA PRIMEIRO A SUJEIRA QUE ESTÁ NO TEU OLHO, E ENTÃO CUIDARÁS TIRAR O ARGUEIRO QUE ESTÁ NO OLHO DO TEU IRMÃO"

    http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/10/reencarnacao-existe-sim-na-biblia.html

    ResponderExcluir
  6. Mais uma vez, (reproduziu muito) escreveu bastante, mas não disse nada, nem ao menos conseguiu chegar perto do que eu disse no texto.

    Entenda que o amor de Cristo não é o amor que o espiritismo ensina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pastor Samuel Elias,

      é que NÃO entendeu o Evangelho de Jesus, vou te lembrar:

      AQUELE QUE QUISER SER O MAIOR NA CAUSA DE JESUS, ENTÃO QUE SEJA O SERVO DE TODOS;

      SERVIR A TODOS = é servir com amor, fraternidade, simplicidade, humildade às pessoas; É NÃO POLEMIZAR A BOA NOVA DE JESUS COM DISCUSSÕES POLÊMICAS E ESTÉREIS QUE SOMENTE DISTANCIAM AS PESSOAS E AS INSTITUIÇÕES;

      PORQUE OS ÚLTIMOS SERÃO OS PRIMEIROS A ENTRAREM NO REINO DE DEUS, E MUITOS QUE SE JULGAM PRIMEIROS SERÃO OS ÚLTIMOS;

      POR QUE ME CHAMAIS SENHOR! SENHOR! E NÃO FAZEIS O QUE VOS MANDO. DEIXO-VOS UM NOVO MANDAMENTO O AMOR FRATERNO E DIVINO

      PORQUE O FILHO DO HOMEM VEIO SALVAR O QUE SE HAVIA PERDIDO, ou seja, aquilo que os homens haviam perdido - DESNATURANDO AS COISAS DE DEUS

      HA MAIS ALEGRIA DOS ANJOS NOS CÉUS POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE, DO QUE 99 JUSTOS QUE NÃO NECESSITAM DE ARREPENDIMENTOS;

      MISERICÓRDIA QUERO! E NÃO SACRIFÍCIOS DAS PESSOAS

      BRILHE A VOSSA LUZ DIANTE DOS HOMENS PARA QUE VEJAM AS VOSSAS BOAS AÇÕES E GLORIFIQUEM AO VOSSO PAI QUE ESTÁ NOS CÉUS

      PASTOR SAMUEL, NÃO SEJA FARISEU!

      QUEM VAI DAR A ÚLTIMA PALAVRA SOBRE AQUELES QUE ESTÃO À DIREITA DO CRISTO, VAI SER O PRÓPRIO JESUS E NÃO VOCÊ, NEM O PAPA, NEM KARDEC, NEM OUTRO PASTOR QUALQUER DE QUALQUER OUTRA INSTITUIÇÃO.

      E JESUS VAI DIZER QUEM SÃO OS DA DIREITA CONFORME SUAS PALAVRAS: " vinde benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado... PORQUE tive FOME e me destes de comer, tive SÊDE e me destes de beber, estava NU e me vestistes; ENFERMO e me consolastes; PRESO e me visitastes... OU SEJA TODOS AQUELES QUE VIVENCIAM A CARIDADE MORAL EM NOME DE JESUS

      Excluir
  7. Quem nos julga é a palavra e saberemos se seremos ou não escolhidos com base na palavra.

    É por isto que prego, para que pecadores e pessoas que não conhecem a bíblia como você entendam que as palavras da vida estão na bíblia unicamente.

    Não sou fariseu e muito menos prega a minha verdade.

    Mas pense um pouco, só pense, se a reencarnação me permite crescer, Cristo então morreu em vão. Fora que o pregado por ele foi a ressurreição e não a reencarnação.

    O amor de Jesus é diferente do pregado no espiritismo, não há como ter harmonia.

    O artigo é claro, na ao mostrar a diferença.

    ResponderExcluir
  8. REENCARNAÇÃO

    VIDA ABUNDANTE

    - Alegam os contraditores da reencarnação bíblica: A reencarnação nega a salvação pela graça, sendo contrária ao sacrifício de Jesus em morrer pela remissão dos pecados humanos. A pessoa tem que aceitar a Jesus é nesta vida, porque no Além não tem mais chances de arrependimentos.

    Refutação lógica: A reencarnação Jamais invalida o sacrifício de Jesus na cruz. Pelo contrário, a reencarnação é exatamente o poder da graça de Deus em abundancia ilimitada alcançando vários planos mentais das existências sucessivas tanto na Terra, quanto no Além espiritual. A graça não é, portanto restrita, discriminatória, como se prescrevesse assim: ou me aceitas na existência humana, ou não terás outras chances além. Deus não cobra pedágios da Alma para a sua salvação, apenas pede a vivência do amor fraterno e divino para a conscientização da vida celeste.

    Com Jesus só há motivos benéficos em se vivenciar lei de amor, solidariedade e crescimento espiritual para Deus.

    Uma coisa é alma ser salva das tentações perturbadoras, das tribulações constritivas, e aliviada em suas dores íntimas. E outra coisa é alma alcançar a sua transmutação naturalmente na essência do seu ser para o reino de Deus - o mais elevado nível de consciência celestial, ou seja: ser Anjo, participar dessa natureza cósmica com plenitude de sua consciência espiritual.

    O espírito do profeta Elias quando foi arrebatado naquela existência não entrou no Céu de luz para participar como membro definitivo do Reino Celestial (João 3. 13), precisou retornar em outra reencarnação existencial 9 séculos depois, e viver como João Batista. E Jesus elucidou na época: " dos nascidos de mulher não apareceu alguém MAIOR que João, mas o MENOR no Reino dos céus é MAIOR que ele (Mateus 11. 1 - 14).

    Afirmou Jesus: Na casa do Pai há muitas moradas...

    As colônias paradisíacas são regiões no plano espiritual que servem de refrigérios e descanso benéfico à alma que sai da luta terrestre cheia de recalques e desgostos. Mas, não é uma passagem para aposentaria compulsória de repouso na inutilidade espiritual. E sim, dimensões de transição educativa, melhoramento, e cura, no equilíbrio psíquico e salutar da alma. Reflexionemos a parábola do mendigo Lázaro, que após sua morte corporal, foi conduzido pelos Anjos para o seio de Abraão (Lucas 16. 19 – 31), que é uma esfera paradisíaca que está vinculada à região dos espíritos que reencarnavam na linhagem do povo hebreu. Assim como Nosso Lar descrito na narração mediúnica de Francisco Cândido Xavier é também um paraíso espiritual educacional que está ligado aos seres espirituais que renascem na região do solo brasileiro.

    Os Anjos celestiais prestam assistência espiritual nessas dimensões extrafísicas de vida inteligente.

    Quando a alma se recompõe em toda a sua estrutura psíquica ela sente a necessidade de crescer interiormente para o reino no seio infinito do Pai Celestial, para participar intensamente do contexto dos espíritos santificados na luz divina. Ai é que labora o nascer de novo, a lei da reencarnação para despertamento e ascensão da alma, na Terra; ou, em outros planos siderais movimentados pelo infinito Poder de Deus.

    ResponderExcluir
  9. pastor, o sr. serveria a Deus e se dedicaria tanto em viver o evangelho se não houvesse a salvação como recompensa? amaria a Jesus se ele não fosse o unico mediador entre Deus e os homens? e que a salvação vem através dele? então porque diz que o amor dos espiritas é enteresseiro e barganha? quem amaria obedeceria a Deus se ele nada tivesse pra oferecer? somente por amor pelo que ele fez e não pelo que há de fazer?pode ser que alguem serveria apenas por amor. acho que Deus mereçe.

    ResponderExcluir
  10. DOUTRINA ESPÍRITA - O ESPÍRITO DE VERDADE

    O Consolador vos ensinará todas as coisas... (João 14. 26). Ainda tenho muito que vos dizer... Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, Ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir (João 16. 12-13)

    A doutrina do Espírito e Verdade realiza o que Jesus disse do Consolador das Almas: conhecimento das causas e coisas, fazendo que o homem saiba donde vem, para onde vai e por que está na Terra.

    Conscientizemo-nos:
    É chegada esse tempo em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

    Deus é Espírito, e importa que o adoremos em espírito e em verdade (João 4. 23-24). Porque todos que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus (Romanos 8. 13-16)

    A DOUTRINA espírita nos ensina a buscar a DEUS ESPÍRITO em espírito e verdade, conforme Jesus ensinou à Mulher samaritana, vide João 4. 23-24.

    A Doutrina Espírita realça que os servidores do Cristo não necessitam ser pagos: "DE GRAÇA RECEBESTES, DE GRAÇA DAI".

    Estudamos em seus belos conceitos que Deus é o Pai dos espíritos, vide Hebreus 12. 9 - E que que esses espíritos são nossos irmãos domiciliados em outras dimensões da vida celestial.

    São vários os “fenômenos e conceitos espíritas na Bíblia”. Vamos ver alguns no Evangelho: O ANJO GABRIEL, que aprendemos que é um mensageiro espiritual de nível superior e que presta assistência diante de Deus (Lucas 1. 19), se comunica pelo fenômeno da clarividência e faz as anunciações dos nascimentos de Jesus, e de João Batista (Lucas 1. 5-38). E SANCIONA AS EVIDENCIAS QUE JOÃO ERA A REENCARNAÇÃO DE ELIAS, conforme anunciam as profecias bíblicas.

    Lemos no Evangelho, em várias passagens, que o anjo (espírito) Gabriel presta assistência a José alertando-o em sonhos lúcidos, (fenômeno espírita de emancipação da alma), para que José saia urgentemente daquela região porque Herodes autorizara um decreto de mortandade a todos os recém-nascidos.

    Fenômenos espíritas na vida pública de Jesus:

    Cristo conversa amigavelmente com a legião de demônios (espíritos voltados à prática do mal), e que estava incorporada no gadareno perturbado, e até atende aos DESEJOS dessa Legião, isto é, que Jesus não lhes mandassem de volta para o Abismo - região no plano espiritual onde as almas rebeladas são presas para expiar os erros e maldades "tipo as penitenciarias terrestres". Conforme relato bíblico JESUS atende o desejo dos espíritos e não mandou a Legião para o Abismo, e sim para os porcos concordando com a súplica dessa Legião. Ocorreu um fenômeno de materialização impressionável que ocasionou o susto nos animais (Lucas 8. 26-39)

    JESUS SE TRANSFIGURA NO MONTE TABOR e aparecem visivelmente MOISÉS E ELIAS, almas desencarnadas que habitavam no plano extrafísico do astral. Ocorre um fenômeno de materialização fluídica pela condensação molecular do corpo de energia desses espíritos.

    JESUS pediu silêncio dos Apóstolos (Mateus 17. 9), Porque se os apóstolos falassem abertamente que Jesus havia se comunicado com esses espíritos no Tabor, fatalmente seriam APEDREJADOS CONFORME MANDAVA O Deuteronômio e o Levítico bíblicos

    Após a ressurreição do Cristo, ocorre em Jerusalém APARIÇÕES espirituais em massa, de gênero coletivo (manifestações espíritas grupal). VÁRIOS espíritos desencarnados se manifestam publicamente aos seus contemporâneos e comprovam assim a sobrevivência pós-túmulo, vide Mateus 27. 52-53

    JESUS PREGA O EVANGELHO TAMBÉM AOS MORTOS (espíritos desencarnados), vide notificação do apostolo Pedro, em primeiro Pedro 4. 6

    E ANUNCIA TAMBÉM O SEU EVANGELHO AOS ESPÍRITOS PRESOS no astral, os quais em outras vidas foram desobedientes às leis divinas (I Pedro 3. 18 - 19)

    - NÃO acrediteis em todo espírito, MAS PROVAI SE OS ESPÍRITOS SÃO DE DEUS (I João 4. 1

    ResponderExcluir
  11. Ê Abrahão do CTRL-C e CRTL-V.

    Sem contexto, desfocado no sentido textual, interpretação errada.

    Reencarnação não é Ressurreição, procure num dicionário, não sou eu que falo.

    ResponderExcluir
  12. Pastor me desculpe mas o Senhor não respondeu as argumentações do seu interlocutor,,,,,deixou a desejar....

    ResponderExcluir