Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



sábado, 10 de março de 2012

Erro grotesco na minissérie do Rei Davi na Record ao apoiar o espiritismo.


Estou assistindo esta produção “bíblica” da rede Record (a TV do bispo) o Rei Davi. É óbvio que eu como conhecedor da palavra de Deus já imaginava ver erros e “enxertos” provenientes da mente dos autores da série.
Inseriram pessoas que a bíblia nunca citou e aumentaram às histórias de quem a bíblia narrou.
Em todo filme ou série da bíblia que já assisti, sempre aumentam alguma coisa, há certas coisas que até podem fazer sentido, outras nem tanto.
O que não gosto é quando ERRAM aquilo que está claro na palavra de Deus. Vou citar alguns:
- Na batalha de Davi contra Golias – a série mostrou Davi pegando as pedras no campo de batalha – a bíblia fala de Davi pegando-as no ribeiro, antes da batalha;
- Ainda na batalha de Davi contra Golias – a série mostra Davi errando, esquivando-se e caindo – a bíblia fala que na primeira investida foi fatal para Golias, ou seja, Davi não sofreu pressão alguma por parte do gigante;
- Abner e a concubina de Saul – a série mostra um triangulo amoroso entre Abner e a concubina de Saul, isto quando Saul vivo – a bíblia não menciona nada disto, Abner só veio a pedir algo com ela após a queda de Saul e ainda lhe foi negado pelo filho de Saul, ocasionando uma ruptura definitiva da proteção desta para o filho de Saul.
Perceba que são erros que não tinham necessidade, pois a bíblia fala direitinho como se sucedeu esta história, porém em nada é algo perigoso, assim posso dizer, ao que não afronta a doutrina da bíblia.
Mas desde que comecei a assisti, estava “preocupado” de como mostrariam a parte da médium com Saul.
Algo me dizia que ia vir uma heresia (algo comum em termos dos chefes da emissora), e foi como eu havia pensado!
A minissérie mostrou uma apologia descarada ao espiritismo!
Ora, nela o “espírito de Samuel” vem e SE mostra para Saul, que o VÊ e conversa com ele, lhe dando o recado de Deus. Ou seja, mediante isto, o espiritismo funciona, existe e Deus aprova!
É UM ABSURDO!
Como que uma emissora, que se diz comandada por “cristãos” pisa na bola desta forma? O que posso dizer, é o que sempre suspeitei, eles não sabem nada de bíblia ou se sabem, querem incorrer no erro.
Por esta causa, vim através deste humilde blog, tentar esclarecer a mente de quem assistiu e pode ter ficado confuso e também, mostrar o que aconteceu de verdade, quebrando esta apologia ao espiritismo desta minissérie.
Vamos ao texto bíblico: Em 1 Samuel 28:3-25 vemos Saul querendo conversar com Samuel após a morte deste através de uma médium.
Onde estão os erros então? Estão de forma implícita e explícita e vou mostrar.
Primeiro erro: Deus não iria falar com Saul, pois o tinha rejeitado (I Samuel 15:26);
Segundo erro: Samuel não poderia ter se encontrado com Saul, pois nunca mais se viram (I Samuel 15:35);
Terceiro erro: pense um pouquinho caro leitor, se Deus não falou mais com Saul através de Samuel quando este estava vivo, nem por profetas, ou em sonhos (I Samuel 28:6), POR QUE iria falar com ele após de morto?
Quarto erro: pense outra vez, Deus para falar com alguém, se utiliza de intermediários certos, POR QUE ira utilizar uma feiticeira, que era algo que Deus ordenou para que não consultassem (Deuteronômio 18:9-14). Deus não muda!
Quinto erro: A série mostrou Saul vendo o espírito de Samuel, MAS a bíblia fala que SÓ a feiticeira/médium “que disse” que viu porque Saul tinha falado que queria Samuel (I Samuel 28:11-14).
Sexto erro: a profecia dita pelo “espírito de Samuel” em I Samuel 28:15-19 não se cumpriu como tinha dito. Veja as falhas: a médium disse que Saul e seus filhos morreriam no outro dia – só que a batalha durou mais que isto; a médium disse que os filhos dele morreriam – só que sobrou Isbosete; a médium disse que Saul seria morto – só que a bíblia nos mostra que ele cometeu suicídio; a médium disse que a causa para sua morte era porque ele não tinha matado ao rei dos amalequitas – só que a bíblia diz em 1 Crônicas 10:13-14 que a causa da morte de Saul foi por ele ter consultado a médium e não ao Senhor, ou seja, não foi Deus falando pelo espírito de Samuel, pois nem era ele e sim uma enganação.
Com estes dados temos em mente que nada passou de um engano do diabo, utilizando-se da feiticeira para Saul.
Se fosse mesmo Samuel, a primeira coisa que ele faria era repreender Saul por ter consultado uma necromante.
Sabemos que não é Samuel e sim um engano pelo texto de Lucas 16:27-31, onde vemos a proibição dos espíritos virem e dar recados para os que estão vivos na carne.
Sob tudo que foi exposto, só me resta dar um cartão vermelho para este capítulo que mostrou isto nesta minissérie. Foi um erro terrível e espero ter sanado qualquer dúvida ou impressão errada deste trecho da bíblia.
Que Deus vos abençoe e se lembrem, devemos sempre conhecer a bíblia para não sermos destruídos por enganos do diabo.
Artigos relacionados com o tema:

Alerta: espiritismo x Bíblia:
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/02/alerta-espiritismo-x-biblia_04.html

Jesus era contra o espiritismo ou não? E a questão de quem nasce deficiente.
http://www.templojovemvirtual.blogspot.com/2011/10/jesus-era-contra-o-espiritismo-ou-nao.html

OBS.: Não deixem de olharem na parte final do blog, os artigos mais acessados.

45 comentários:

  1. Olá, a PAz querido...
    também tenho assistido essa minisserie que tem me agradado... porem essa cena me fez tbm escrever sobre isso em meu blog depois de uma olhada com calma... http://protestadasgospel.blogspot.com/2012/03/minisserie-rei-davi-espiritismo-na.html

    “Assim, morreu Saul por causa da sua transgressão cometida contra o Senhor, por causa da Palavra do Senhor, que ele não guardara; e também porque interrogara e consultara uma necromante...“ (1Cr 10.13)

    Não há da parte de Deus liberação para consultar aos mortos.
    Só faltou a record explicar isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vcs confundem espiritismo com macumba, cabala, umbanda...Vcs sabem o que é o Kardecismo?. Procurem se informar melhor antes de emitir qualquer opinião acerca daquilo que não conhecem, para que não passem por ignorantes.

      Excluir
    2. Meu caro anonimo,

      Ignorante está sendo você por não perceber tudo é a mesma coisa sim, só muda a forma como se lida!

      Os mesmos espíritos que aparecem na macumba ou umbanda, são os mesmos que aparecem para o espiritismo (leia a bíblia). São demônios que enganam vocês.

      Para um eles falam que são entidades, para outros falam que são espíritos desencarnados, mas na verdade são espíritos malignos para enganar pessoas que não conhecem a bíblia ou que não creem nela!

      Peço que leia os artigos que fiz sobre o espiritismo, eis os links:

      Jesus era ou não contra o espiritismo?

      http://www.templojovemvirtual.blogspot.com.br/2011/10/jesus-era-contra-o-espiritismo-ou-nao.html

      Espiritismo X Bíblia:

      http://templojovemvirtual.blogspot.com.br/2011/02/alerta-espiritismo-x-biblia_04.html

      Peço que leia e veja se não sei o que estou falando!

      Excluir
    3. Os mesmos espíritos que aparecem na macumba ou umbanda são os que vocês exorcizam... Além do mais, a médium não é feiticeira, nem charlatona como vc diz... a Bíblia condena as feiticeiras pq elas cobram e abusam da inocência dos outros em benefício próprio, não está condenando os bons médiuns que realizam trabalhos belíssimos seja nas igrejas ou nos centros.É triste ver um pastor desmoralizar outra religião, isso só mostra sua insegurança e mesmo sua própria falta de fé no seu próprio credo, que é o mesmo dos espíritas, o cristianismo =)

      Excluir
    4. Não estou desmoralizando ninguém, apenas relatei a visão bíblia do assunto.

      Saibas que a bíblia condena não é porque cobram, não interessa se é de graça, tais espíritos são demônios se passando por quem já morreu.

      Leia a bíblia e veras que quem morre não volta mais aqui para dar mensagens!

      Excluir
    5. EVOCAÇÃO DO ESPÍRITO DO PROFETA SAMUEL

      Inconveniências, Identificação, e Interação espiritual

      No ano 1050 antes do Cristo, a nação israelita já havia chorado a morte do seu líder espiritual – o profeta Samuel. E o rei Saul temendo um conflito político com os filisteus que se agravara aos extremos da guerra, busca orientação por via da interação mediúnica.

      Então disse a médium ao rei Saul: vejo deuses que flutuam sobre a terra e vem flutuando um Ser na forma de ancião e está envolto numa capa, entendo perfeitamente Saul que se tratava do Espírito do profeta Samuel... (I Samuel 28. 1 a 20) Bíblia sagrada

      Moisés nas suas leis sociais e religiosas promulgadas à nação hebraica havia proibido publicamente a feitiçaria, a magia e a evocação dos espíritos de antepassados (Deuteronômio 18. 9 a 11). Pelas noções da consolidação da moral teocrata de um povo extremamente valoroso em provações árduas e constantes motivadas pelas lutas por espaço territorial com povos vizinhos, e que fatalmente usaria a permuta com as forças espirituais imperfeitas para fins contrários à fraternidade: vantagens pessoais, supremacia sobre inimigos, e desenfreada caça a tesouros escondidos; costumes estes comuns entre os egípcios. E Moisés depois da retirada daqueles domínios, almejando formar uma nova mentalidade religiosa vetara esta prática às pessoas de sua comunidade – assim como se diz não à criança que brinca com o fogo. Se o legislador Moisés houvera proibido as evocações, é que o fato era possível carecendo primeiramente de educação geral.

      Somente os Profetas por já estarem consagrado às noções básicas de espiritualidade, podiam exercer livremente as percepções mediúnicas através de desdobramentos dos sonhos, visões, e até mesmo rituais secretos com talismãs e amuletos talhados com pedras preciosas de Urim (iguais aos jogos com Búzios como pratica a Umbanda), prática de invocação utilizada pelos sacerdotes do povo hebreu vide Êxodo 28. 15 a 20 e Números 27. 21, na Bíblia, e toda orientação que procedia do Clero, que era formado por um conselho de anciãos eram sagrados e considerados de ordem divina: oferendas, holocaustos, sacrifícios corporais; mas mesmo assim as suas idéias eram incompreendidas no meio das massas.

      Coincidentemente pela força do destino, e diante de um povo bastante crente na proteção divina; e quando este mesmo povo se vê impossibilitado da presença física do seu Profeta preferido, - fica assim privado da manifestação com os poderes celestes por falta de um medianeiro à altura de intercambiar as forças benéficas do espírito. O seu Governo então lança mão de recursos considerados malditos na época, que era exatamente a consulta aos místicos estrangeiros não credenciados pela organização sacerdotal hebraica, por serem discriminados como inimigos da nação. A escolha coube então à médium da região de En-dor de auscultar a dimensão invisível do extrafísico, e ela pela sua capacidade de vidência tal qual os profetas do Senhor, vislumbrou com os olhos da alma a personalidade espiritual de Samuel que flutuava naturalmente acompanhado por outros guias espirituais, tal a expressão de surpresa da sensitiva no momento da aparição: vejo deuses!... deuses, era o modo como os povos antigos também designavam os bons espíritos, daí a expressão do salmista: “Deus está na congregação dos poderosos; julga no meio dos deuses” – Salmo 82. 1 Bíblia sagrada


      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/11/evocacao-do-espirito-do-profeta-samuel.html

      Excluir
    6. EVOCAÇÃO DO ESPÍRITO DO PROFETA SAMUEL

      Por que me inquietas? Fazendo-me vir à superfície terrestre! - pergunta então o espírito de Samuel ao rei Saul.

      Sabemos que pelas leis da evolução espiritual todo e qualquer recém-desencarnado se ressente vibratoriamente de mal estar se evocado logo após os primeiros momentos de seu passamento, e principalmente por motivos frívolos e mesquinhos. Um período de refazimento de forças acompanha o ser nas suas transmutações naturais. Há tempo para nascer, crescer, e tempo para morrer. O próprio Jesus, espírito de divina hierarquia celeste, após o seu trespasse físico necessitou além-túmulo de três dias para restabelecer as suas energias espirituais (João capítulo 2, vers. 18 a 22)

      Depois das recriminações cabíveis, o espírito de Samuel passou a falar do futuro vaticinando acontecimentos que iriam transcorrer durante a guerra, inclusive a morte do rei Saul naquela temível batalha (I Samuel 28. 19).

      REFLEXÃO:

      Opositores da Doutrina Espírita pretendendo incentivar descrédito às manifestações espirituais do além, interpretam esta narração bíblica do livro do profeta Samuel uma falsidade manipulada por “satã” como se essa entidade fosse muito mais capaz que os poderes de Deus, pois ela teria onisciência da necessidade do rei Saul que iria buscar apoio moral para enfrentar a guerra contra os filisteus, estaria onipresente para se apresentar com desenvoltura, e até onipotência para profetizar a morte de Saul e toda a sua família: amanhã tu e teus filhos estareis comigo (I Samuel 28. 19).

      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/11/evocacao-do-espirito-do-profeta-samuel.html

      Excluir
    7. EVOCAÇÃO DO ESPÍRITO DO PROFETA SAMUEL

      Para religiosos bíblicos intolerantes: A BÍBLIA É, ou NÃO É, A PALAVRA DE DEUS?

      As suas Escrituras não foram divinamente inspiradas? Pois quem escreveu o livro bíblico que descreve esta comunicação não foi o rei Saul; ou teria sido Samuel, que já estava em outra dimensão de vida? O autor, ou conjunto de autores que narram este fenômeno mediúnico do povo hebreu analisa verdadeiramente esta manifestação como um fato real positivo entre os dois planos de vida: material e espiritual.

      - Se a Justiça Humana condena a falsidade ideológica: “dos crimes contra a fé pública, código penal brasileiro art 296/305”. Deus o poder absoluto, a perfeição suprema, caso permitisse a presente narração que descortina o sentimento de imortalidade nas pessoas e proclama a soberania de seu poder ilimitado na Natureza, sugestionando a mente das gerações vindouras para uma esperança gloriosa além-túmulo com a possibilidade de intercambio com os que ficaram na existência material. E, lamentavelmente, esta narração tão bela é um “simulacro ?” Uma falsidade ideológica que a Onisciência Suprema teria permitido incluir nas páginas das Escrituras do livro sagrado, o Criador estaria induzindo ao erro milhares e milhares de criaturas...

      Muitas pessoas que folheiam as páginas da Bíblia necessitam: olhos para ver, ouvidos para entender as suas mensagens...

      Deus a perfeição absoluta em todas as coisas, com certeza, a sua Justiça é muito superior à Justiça humana.

      A Bíblia para ser palavra irrefutável de Deus, e o autor divinamente inspirado, é quem deveria inserir no seu capítulo: “satã” simulou ao rei Saul através da médium de En-dor ser o espírito do profeta Samuel, caso esta comunicação mediúnica fosse falsa. E, não, religiosos com pouco discernimento no curso dos séculos - os falsos doutores bíblicos em todos os tempos, tentando fazer uma inversão do sentido no texto sagrado, semeando dúvidas e desfavorecendo o Poder imensurável de Deus, tal qual os Fariseus da época do Cristo que fechavam o portal do conhecimento celeste aos homens, pois nem entravam, e nem permitiam entrar, aqueles que queriam entrar (Mateus 23. 13).

      Saduceus (Lucas 20. 27/38) era uma seita da época do Cristo que negava a imortalidade da alma e sua interação com o plano material. Ainda hoje o saduceismo influencia crenças que se proclamam cristãs, mas que compreendem um “evangelho morto” sem espírito redivivo.

      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/11/evocacao-do-espirito-do-profeta-samuel.html

      Excluir
    8. SERÁ QUE FOI DEUS QUEM PROIBIU, NA BÍBLIA, A EVOCAÇãO DAS ALMAS DOS MORTOS?

      DEUS, Ser Absoluto e Supremo da Vida no Universo JAMAIS proibiu a evocação das almas dos mortos, conforme muitos religiosos entendem na descrição em Deuteronômio 18. 11 * Pois conforme esclarece o Novo Testamento: NINGUÉM NUNCA VIU A DEUS - João 1. 18 Apenas Jesus que está no seio do Pai, esse o fez conhecer; ou seja, instruiu as palavras de vida eterna verdadeiramente como representante de Deus.

      MOISÉS, SIM, como legislador hebreu proibiu essa prática comum entre os egípcios quando estava formando a soberania da Nação israelita (Deuteronômio 18. 9). E usou o termo que todos os políticos, inclusive da atualidade, usam quando promulgam a Constituição das Leis Sociais de uma Nação, por exemplo, está impresso no cabeçalho da Constituição Federal do Brasil: “Em nome de Deus promulgamos estas Leis, isso não quer dizer que Deus, pessoalmente, é quem decreta essas Leis”

      Também não nos esqueçamos de que o Governo que Moisés estava constituindo era pelo regime de Teocracia = (do grego) Teo = Deus + Kratos = Governo. E os Juízes do Synedrion de Jerusalém eram considerados “deuses” por representarem a Divindade quando analisavam, julgavam e prescreviam normas religiosas para o povo. Por isso Jesus chamou a atenção dos povos, na sua época: “Não está escrito na vossa lei: “SOIS DEUSES” (João 10. 34) Vide também Salmo 82. 6 “vós sois deuses...”

      E Por que Moisés proibiu essa prática? Se era bem comum entre os povos antigos?

      Para evitar possíveis infiltrações de ideias subversivas de inimigos estrangeiros da nação israelita, que transitavam e moravam em seu território. E Moises estava querendo formar uma unidade religiosa, por isso somente o corpo sacerdotal de Israel poderia fazer invocações (Êxodo 28. 1 - 3 e I Samuel 28. 6) Era, portanto, vetado às pessoas comuns usarem a prática de consulta às almas dos antepassados, com a finalidade de fazer adivinhações futuristas (Deuteronômio 18. 14).

      Conscientizemo-nos: A Bíblia foi idealizada, coordenada, redigida, e traduzida para vários idiomas pela própria MÃO do Homem ao longo dos séculos.

      Por isso é que Jesus veio ao planeta Terra para vivenciar a perfectibilidade de Deus Todo Poderoso:

      - que não se ira; não se contradiz; não se arrepende; não é falível; não é regionalista; e nem é limitado.

      É SUPREMO E ABSOLUTO EM TODAS AS COISAS NO UNIVERSO SIDERAL – É ESPÍRITO CELESTIAL (Mateus 6. 9) (João 4. 24) .

      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/11/evocacao-do-espirito-do-profeta-samuel.html

      Excluir
    9. COM JESUS, TODAS AS COISAS SÃO POSSÍVEIS PARA DEUS.

      E Jesus rasgou o véu do templo das proibições e limitações na Natureza, e as barreiras do mundo visível e invisível, material e espiritual que se entrelaçam, e é possível sim, os mortos ressurgirem do Além e se manifestarem visível, sensível, e palpável; ou, mesmo em sonhos para os seres humanos encarnados:

      - vide a transfiguração de Jesus no monte Tabor, onde Elias e o próprio Moisés (que outrora proibira) voltam do além e interagem com Jesus e os apóstolos: Pedro, João, e Tiago (Mateus 17. 1 -13).

      - vide varias manifestações de antepassados em seus corpos espirituais fazendo aparições em Jerusalém a muitas pessoas, comprovando a realidade imutável: a imortalidade da alma (Mateus 27. 51 – 53)

      - vide a boa nova de Jesus sendo pregado até mesmo aos mortos, os habitantes do além na dimensão extrafísica, que estavam desorientados na vida espiritual ( I Pedro 4. 6).

      - vide a boa nova sendo pregado também aos espíritos em prisão, os quais em outras existências foram rebeldes a lei divina ( I Pedro 3. 18 – 20).

      - vide orientação inalterável de Jesus: “Os mortos ouvirão a sua voz, e os que a ouvirem são chamados para uma nova vida (João 5. 25)”. “Porque Deus, não é deus de mortos; e sim de vivos (Lucas 20. 38)”, quer seja da Terra, assim como do Além.

      Você sabia? Que aquele que crê em Jesus também fará as mesmas obras que ele fez, quando encarnado na Terra, e outras maiores ainda realizará (João 14. 12). Porque todas as coisas são possíveis para Deus (Mateus 19. 26).


      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/11/evocacao-do-espirito-do-profeta-samuel.html

      Excluir
  2. Samuel Elias, vc é extremamente arrogante e como tal se acha o dono da verdade! Ao invés de falar mal de outras religiões, vai fazer a caridade e cultivar a humildade!Que o Mestre Jesus seja misericordioso com vc!

    ResponderExcluir
  3. Caro "Fé raciocinada",

    TUDO que falei aqui foi com base bíblia, ELA é a dona da verdade pois nela temos a PALAVRA DE DEUS.

    No caso voce está chamando a bíblia de arrogante - logo concluo que voce não pode crer nela.

    Eu não estou falando mal de religião, estou pregando a bíblia e DESMISTIFICANDO este "ecumenismo" que muitos tem feito com ela, ao dizer que ela apoia tais práticas.

    Voce por acaso me conhece para saber se faço ou nao caridade? Se sou ou não humilde? Meu caro, se queres debater, debata com a palavra de "fé", pois noto que não fazes jus ao seu codinome.

    Para resumir, o negócio é que contra estes fatos que tenho postado voces não tem argumentos, e quem não tem argumentos apela para a insensatez, como está sendo no seus caso.

    REBATA o que tenho postado com base bíblica que terei a humildade de me curvar, mas caso não tenha estes argumentos, seja HUMILDE e reconheça a verdade.

    Vejo que voce é que não tem humildade, pois não consegue se humilhar e obedecer a verdade que vem de Deus.

    No mais, quando faço a caridade não é para ser salvo ou para me aperfeiçoar, isto Jesus já fez por mim, quando faço caridade é PORQUE FUI SALVO E PURIFICADO POR JESUS, faço não por mim, mas pelos outros - diferente do espiritismo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A "verdade" que vc utiliza para simplesmente arrotar asneiras, foi alterada 26 vezes e por qual instituição? Aquela que vocês mais criticam!! (A IGREJA CATÓLICA) Estude meu irmão para não ficar bancando o boboca e afirmando asneiras a vida inteira. Isso é ridículo!!

      Excluir
  4. Q discussão terrena e idiota. As religiões foram criadas pelos homens orgulhosos e soberbos q sempre acham q a sua é a mais certa e a melhor. Acho q toda teologia/religião q inspira a um ser humano a ter um sentimento de solidadridade e inspira no coração a bondade e o amor ao próximo é boa. A sabedoria divina é tanta q a biblíbia foi escrita de forma a cada ser interpretar de forma um pouco particular (EX. Jesus falou sempre por meio de parábolas). Acho q somos como crianças, ou seja cada uma se encontra e se sente tranquila em uma escola diferente. Para mim Deus/Cristo não está em nenhuma teologia/religião ele está no coração do homem e todas sõa certas e boas, depende do bem q faz a cada um. Ser um espírita bondoso, solidário q ame e se preocupe com o seu semelhante e tão certo perante a Deus como a pastor q tem o mesmo proceder. Existe seres de diversas religiões q são cristãos autênticos (têm Deus no coração e colocam sua vida tentando seguir o amor) não importa a forma q ele interpetra a bíblia. Devemos respeitar o q cada um tem de melhor a dar ao próximo. Qto. a série, acho mesquinho e pequeno se ater a detalhes conceituais, o q importa é a mensagem MARAVILHOSA DE FÉ q ela passa. Qto. a espiritualidade na igreja evangélica (q as vezes qté vou) as pessoas recebem umas coisas q para mim não tem nada diferente do espiritismo, a não o fato de o Pastor achar q é DEus e julgar se é um sofredor ou um demônio e judiar. Quem julga e condena é DEUS. Só ele é dono da verdade absoluta. Acho q a coisa mais bonita diante de DEus é a humildade de saber q nada se sabe. O q é verdade e felicidade para um pode não ser para outro e não nos cabe julgar ou se achar dono da razão.
    Qto. a série repito AMEIIIIIIII pois mostra o amor em Deus e quem sou eu para julgar.

    ResponderExcluir
  5. Anonimo,

    Peço que leia as postagens que há neste blog sobre o espiritismo, a uma categoria só para este tema, e espero que entendas o ponto de vista deste blog.

    Só quero dizer que Deus foi único que criou a religião. Religião caso você não saiba, significa religação, e isto só quem fez foi Jesus.

    Outras "religações" que não combinam com a bíblia em sua plenitude, não passam de engôdos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Bíblia mostra um Deus vingativo e tribal,muito próximo do espírito belicista dos hebreus.Cara, a Bíblia é um livro lindo e sagrado, mas ninguém pode negar que ela já foi editada milhares de vezes ao longo da História por pessoas mal intencionadas O único engodo aqui é a sua ignorância e falta de respeito com as outras crenças... achei que a Bíblia ensinasse as pessoas a serem tolerantes com as crenças dos outros =)

      Excluir
    2. Ser tolerante não significa aceitar. E a bíblia condena outras crenças que não estão corretas com ela, Deus nunca mandou aceitarmos o ecumenismo, pelo contrário, ele sempre foi contra. Não há verdadeS, MAS sim UMA verdade!

      Eu creio na bíblia e não vejo um Deus vingativo, mas sim Justo que não toma por inocente o culpado!

      Leia mais o blog, outros assuntos em que falo sobre Deus e verás que seu conceito está equivocado.

      Excluir
  6. Combinar com q alguns interpetram na bíblia, é isso q vc quer dizer? Pois milhões de pessoas interpretam de forma diferente. Pq tem gente q acha q a sua é, em particular a forma correta. O próprio Jesus nunca julgou ninguém. Isso é falta de humildade ou seja uma atitude anti cristã. Respeito a visão alheia é ser indulgênte e tolerante e repeitoso. Aí sim está uma atitude cristã. Qto. a religigação eu bem sei só q a teologia das religiões ou religações se vc preferir foram sim criadas pelos homens q em cada relião fazem suas próprias leis e verdades. Bem acho q o fanatismo ( em qualquer coisa - religião, futebol etc) leva a prepotência. O único fanatismo q eu acho q vale apena perante a Deus é o fanatismo ao amor ao´próximo, é o fanatismo a solidariedade e ao não julgamento.

    ResponderExcluir
  7. Anonimo,

    Creio que não entendestes.

    Religação ou religião, é só uma verdadeira - Jesus! O que os homens criam são seitas, heresias e denominações.

    A bíblia não é um livro de interpretação, MAS de revelação que vem quando a examinamos.

    Em nenhum momento dei meu ponto de vista! O que postei aqui foi só o que está escrito na bíblia.

    Eu não disse o que penso, apenas reproduzi o que a bíblia pensa, a palavra de Deus sobre o tema.

    Peço que leia o ultimo artigo que fiz deste "amor ao próximo" que vocês tanto gostam de falar e que posso dizer que até nisto a vossa visão está obscura.

    http://templojovemvirtual.blogspot.com.br/2012/05/polemica-espiritismo-religiao-que-nao.html

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GRAÇAS TE DOU Ó PAI, SENHOR DO CÉU E DA TERRA QUE OCULTASTES ESTAS COISAS AOS SÁBIOS E ENTENDIDOS, e as revelastes aos pequeninos

      Os sábios e entendidos na época de Jesus eram os doutores do Sinédrio - Templo religioso de Jerusalém que eram responsáveis de Ler e interpretar ao povo a Lei de Moisés e os ensinos dos Profetas) HOJE na personalidade dos doutores bíblicos, desses Pastores fanáticos, desses religiosos hipócritas)

      Excluir
    2. AOS DOUTORES BÍBLICOS

      Não se esqueçam de uma coisa sensata com racionalidade que a Bíblia é a palavra de Deus ESCRITA PELAS MÃOS DOS HOMENS ao longo dos séculos. E, os homens são suscetíveis de cometerem falhas, erros de grafia, de traduções e até mesmo de interpretações. Por isso mesmo é que o Apóstolo adverte em suas páginas: “não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (I João 4. 1)

      Orientação evangélica nas páginas da Bíblia: “nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação” (II Pedro 1. 20).

      Ou seja: nenhuma Igreja, ordem religiosa, seita, princípio teológico, grupo pastoral pode ter o monopólio absoluto nas interpretações sagradas das Escrituras. Porque as Escrituras sagradas possuem sentidos variáveis e múltiplos em seus livros escritos ao longo dos séculos, viva e eficaz; e mais penetrante do que ESPADA alguma AFIADA DE DOIS GUMES, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração (Hebreus 4. 12). EM SUAS PÁGINAS ENCONTRAMOS SABEDORIA E LUZ PARA TODOS OS NÍVEIS CULTURAIS, orientando tanto o ingênuo como o sábio; o tolo como o prudente; o fanático como o lógico.

      A revelação celeste jamais cessou... Novas revelações estão sendo reveladas para a comunidade cristã em todos os tempos terrestres, através do Consolador prometido por Jesus – “o Espírito de Verdade” que guiará em toda verdade aqueles que procuram o Pai em espírito; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e anunciara o que há de vir (ou seja, “coisas novas e progressivas de acordo as necessidades da evolução mental do homem moderno”) João 16. 12 a 13



      http://vozqclamabr.blogspot.com/
      Intensivo de Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E







      Excluir
    3. Nenhuma profecia é de particular interpretação, mas tudo deve estar em harmonia com a bíblia. Reencarnação não tem harmonia com Ressurreição - salvação por Cristo não tem harmonia com auto evolução através de reencarnação.

      Isto só para começar.

      Excluir
    4. RESSURREIÇÃO (do latin ressurrectione) Ato ou efeito de ressurgir; vida nova; renovação (Novo Dicionário Aurélio).

      As Mulheres receberam pela ressurreição os seus Mortos, uns foram torturados não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma superior ressurreição... Paulo (Hebreus 11, 35 a 40)

      Caso o apóstolo Paulo em a carta aos Hebreus capítulo 11 versículos 35 a 40, estivesse se referindo à ressurreição do Ser para a vida extrafísica em corpo espiritual no Reino de Deus, não incluiria a Mulher neste fenômeno orgânico que utiliza corpo animal. Pois na transformação transcendental do plano material terrestre para o reino espiritual celeste, a criatura entra da posse gloriosa pela vontade Divina com um corpo imaterial, incorruptível, imutável e despido dos fluidos carnais, segundo o próprio Apóstolo diferencia em I Coríntios capítulo 15 versículo 35 a 50.

      E na descrição em Hebreus 11. 35, compreendida pelo apóstolo dos gentios esclarecendo que: alguns dos mortos se torturaram, observa-se o reflexo da ansiedade dos espíritos no plano astral quando estão em preparação que antecede o renascimento em nova existência na Terra, que tem como prioridade a ascensão espiritual, sendo necessária a reconciliação com os desafetos da caminhada evolutiva. Sensação indescritível de arrependimento na intimidade do ser, pressentida na visão espírita do profeta Ezequiel à dimensão extrafísica do além, onde as almas lamentam os erros cometidos na vida humana. (Ezequiel 37. 1 - 14)

      Analisemos que Paulo na sua epístola aos Hebreus menciona primeiramente uma ressurreição de Mortos por meio de Mulheres ligadas aos mesmos, e que muitas dessas criaturas, os espíritos familiares ficaram angustiados relutando cumprir essa ação na qual havia um objetivo edificante: o resgate de alguma coisa. Propósito este que eleva a Alma a considerar-se digna para alcançar uma outra ressurreição por sua vez superior àquela ressurreição concebida através das Mulheres. Na verdade, no reviver extrafísico do Ser para os planos imateriais do cosmo celestial não há elo físico de matrimônio e procriação, em virtude do Espírito perder a identidade sexual, e segundo o próprio Cristo: participa da natureza dos Anjos (Mateus 22. 23 a 32).

      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/12/antigo-testamento-biblico-e.html

      Excluir
    5. E POR QUE A MULHER, ENTÃO?


      A Mulher é a forma geradora pela qual o Ser (espírito) entra no mundo físico. E os povos Hebreus há muitos séculos antes do Cristo, já acreditavam que os seus mortos, ou seja, os espíritos dos antepassados poderiam retornar à vida material no mesmo tronco familiar, pois Moisés lhes ensinara através da aliança em Êxodo 20.5 e 34.6-7 e Números 14.18: que Deus cobraria irresponsabilidades dos Pais versus Filhos a partir da terceira ou quarta geração daqueles que desrespeitam as causas da vida. Essa iniquidade era relativa pelos abusos da poligamia dos povos primitivos, e Deus estava condenando essa falta e valorizando a formação da família. Na primeira e segunda geração dos Pais seguem-se os Filhos e Netos, geralmente convivem na mesma época. Entretanto, permanecendo a ingratidão e desafeto familiar além-túmulo era crença comum dos hebreus à iniciação das Escrituras sagradas do Antigo testamento, que o Ser (espírito) retornava pelos laços consanguíneos renascendo na vida material num intervalo de até terceira ou quarta geração, nas vestes físicas de um bisneto ou tataraneto para refazer as tarefas morais interrompidas.

      A fim de anular interpretações arbitrárias no tempo, pois algumas ramificações do mosaísmo estavam desvirtuando os ensinamentos supondo que Deus era implacável e injusto, e que inocentes resgatavam as injustiças de outrem, ou seja, a conseqüência do mal tinha um efeito cego e cascata, visto que gerações sucessivamente: primeira, segunda, terceira e até a quarta descendência ficavam sujeitas na íntegra a responderem por iniqüidades de um antepassado faltoso.

      E para comprovar que a responsabilidade é pessoal de cada Ser nos caminhos da vida, clareando a razão e demonstrando que a cobrança não altera o endereço e que os protagonistas do erro é que irão purificar as energias, foi que Deus revelou séculos depois ao profeta Ezequiel, ver no seu livro 18. 1 a 32: “A Alma que pecar, essa mesma morrerá, ou seja, sofrerá os resultados da ação e reação... O Filho não levará a maldade do Pai, nem o Pai levará a maldade do Filho...” Isto é, o efeito do mal não prescreve além-túmulo. Assim, é o próprio Ser (espírito), e não outra personalidade qualquer que sofre, purifica as suas próprias faltas diante da vida, em várias etapas das existências físicas se for necessário, reajustando-se perante a sua própria consciência culpada na terceira ou quarta descendência do grupo familiar que se comprometeu.

      Deus, espírito supremo da vida, corrige as suas criaturas educando-as. As aflições, as provações e vicissitudes padecidas no mundo material são reflexos das nossas imperfeições, reparações de faltas cometidas na presente ou em passadas existências. Aqueles que retardam a sua evolução espiritual por falta do exercício do trabalho, da fraternidade, da prática do amor e da fé, ressurgem desta forma para o aprendizado na vida material onde são submetidos no tempo e espaço das gerações a passarem por novas provações, mas o objetivo é sublime: é alcançar a perfeição espiritual - o livramento, para serem capacitados da ressurreição de natureza superior a desdobrar-se nos planos divinos do reino celeste. - Paulo (Hebreus 11. 35 a 40 e capítulo 12. 4 a 14)

      http://vozqclamabr.blogspot.com.br/2013/12/antigo-testamento-biblico-e.html

      Excluir
  8. Fim de assunto. Creio em um DEUS uno q vive no meu coração e que norteia minha vida, não acredito em ninguém que ache q tem sabedoria suficiente para ensinar a bíblia (a leitura da mesma e pessoal, individual e vem do coração). Acredito em Jesus Cristo como filho de DEUS e o caminho para chegar até DEUS. Mas não aceito em um ser cristão que critque a fé de outras pessoas ou outras formas de se relacionar com DEUS (que é um só em qualquer religião. Resumo: se a fé de alguém está fazendo com q ela faça as coisas de acordo com amor (ponto máximo da lei divina) acho ótimo pois o mundo não precisa de criticos precisa de amor.

    ResponderExcluir
  9. Anonimo,

    Você pode tomar a conclusão que quiser com respeito a qual seguimento seguir, porém uma coisa é certa, se dizes que crê na bíblia e que ama a Deus, então SEGUIRIAS SEUS MANDAMENTOS.

    Não teria nenhum problema de ser chamado de espírita se o espiritismo não ferisse os princípios da bíblia!

    O que estou falando aqui é que a doutrina espírita é condenada na bíblia e não tem como servir os dois - é um ou é o outro.

    Por último, lhe digo, de nada adianta ter fé se não está completamente equilibrada com os parâmetros da palavra de Deus.

    Ou segue a fé que a bíblia nos mostra ou estamos errados. Não tem como caminhar a fé que a bíblia fala com outra que ela condena.

    Não se engane e não seja enganado! A base é a bíblia, se tal fé contraria seus preceitos, esta fé é um engodo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Concordo com você totalmente Samuel, as pessoas não entendem o que vc quer dizer (dentro da bíblia) e vem com 4 pedras nas mãos e se dizendo respeitador, cristão, julgando e reclamando aff...
    Parabéns pelas suas sábias palavras, creio que você realmente lê a bíblia e vive nela.
    O sabia ouve os conselhos e se alegra, mas os tolos se irritam.
    Fiquem na Paz.
    TC

    ResponderExcluir
  11. Tata,

    Obrigado pelas palavras e continue visitando o blog.

    Paz.

    ResponderExcluir
  12. Ou segue a fé que a bíblia nos mostra ou estamos errados. Concordo plenamente só q cada um ve uma coisa diferente na própria blíblia, e coisa muito boa tb. Não acho q esteja errado em defender o q vc interpreta na bíblia, só não seja Deus para condenar ninguém e afirmar que quem não tem sua visão vai para o inferno pois é pecador. Nem Cristo fez isso, em nenhum momento

    ResponderExcluir
  13. Eu não estou condenando ninguém para o inferno, isto quem fará é Deus com aqueles que não aceitaram a palavra dita na bíblia!

    Bíblia não é interpretação e sim revelação. Só que na questão espírita, ela é claramente contra, mesmo se alguém quisesse interpreta-la, não conseguiria sem fazer um heresia, que é o que o espiritismo tem feito, ou seja, tem não interpretada, e sim dado uma visão herética com aquilo que está claro e evidente.... Deus não aprova o espiritismo.

    ResponderExcluir
  14. Eu não sou espírita, eu sou cristã. Na igreja evangélica já vi pessoas passando mal e os pastores dizendo q são espíritos ruins, endemoniados. Se existe plano espiritual para espíritos das trevas então não posso afirmar q não há espíritos bons. Não acredito em céu e inferno pois, nem um pai carnal expulsa seu filho definitivamente para um inferno por mais q ele erre (pq o amor fala mais alto). POR ESSE MOTIVO NÃO ACREDITO Q NOSSO PAI MAIOR Q É TODO BONDADE E MISERICÓRDIA FAÇA ISSO. Ele sempre nos dará uma nova oportunidade. Analisei váris religiões e li bastante a cerca de todas e aprendi a amar a Deus acima de tudo, pois em todas encontrei (em sua teologia) coisas boas e coisas falhas. Entre as coisas legais e coerentes q li sobre o Kardecismo (q não é uma religião, é um estudo) achei legal uma coisa que ouvi.
    "Se Allan Kardec tivesse escrito que ´fora do Espiritismo não há salvação´, eu teria ido por outro caminho. Graças a Deus ele escreveu ´Fora da Caridade´, ou seja, fora do Amor não há salvação".
    Assim como em outras teologias eu ouvi e li coisas legais.
    Viva a Deus uno e q ele esteja no coração de todos, pois existe evangélicos, católicos, budistas, Amorcs, espíritas que são canalhas aos extremos e pregam de porta em porta a palavra de DEUS e outros são louvaveis cristãos.
    Digo e repito a maior mensagem q Deus/Cristo deixou está no nosso coração e na nossa conduta.
    E DEUS abençoe a todos, independente da religião ou da teologia q sigam, mas q façam a diferença no mundo com muito amor dentro do coração, o suficiente para distribuir a todos q precisam (sejam brancos, pobre, presos, doentes, etc)e assim criarmos um mundo mais humano e menos preconceituoso

    ResponderExcluir
  15. Anonimo,

    Sinto lhe informar, mas você não é cristão, pois se fosse não ia contrariar o que a bíblia ensina.

    A bíblia nos ensina que "fora de Cristo não há salvação" - o espiritismo mostra uma salvação fora dele!

    A bíblia nos ensina que existe um céu e o inferno, que também no final haverá o lago de fogo. Isto é claro, se quiser, depois lhe dou as referencias.

    Por último, como sempre falo com os outros, Deus não criou filhos, todo ser humano é uma CRIATURA, sendo que Deus teve apenas UM FILHO, Jesus, ao que nele crendo recebe a ADOÇÃO de filho, e o Senhor lhe dá poder para SER FEITO UM FILHO DE DEUS.

    Nós quando temos esta confissão de fé, viramos co-herdeiros com o que é o verdadeiro, Jesus, a única fonte de salvação, não pelas obras, para que ninguém se glorie, mas pela misericórdia.

    No mais, a bíblia nos chama a atenção para observarmos a BONDADE E A SEVERIDADE de Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristão é quem segue os ensinamentos de Cristo, não a Bíblia =)

      Excluir
    2. Para sua informação, a bíblia é um livro que fala de Genesis a Apocalipse sobre Cristo!

      As escrituras (bíblia) é a fonte do conhecimento, e o próprio Jesus nos manda examina-la para encontrarmos a vida eterna.

      Excluir
  16. Só para seu governo eu fui agraciada por um milagre q salvou minha vida, um milagre vindo de DEUS e que me curou sem explicação. Te pergunto se não sou cristã e nem filha de Deus pq fui merecedora da misericórdia dele?
    Cuidado para não pecar pela prepotência. E para seu governo eu já li e fiz estudo da bíblia várias vezes e não durma sem ler um pelo menos um parágrafo dela, e digo e repito que a interpetração é pessoal e fé intimidade com DEUS. A bíblia foi escrita tão sabiamente que a maior parte dela , principalmente no novo testamento, é em parábolas justamente para q a sua interpetração siga junto com a evolução do ser humano.
    Nunca se esqueça o q Cristo falou no templo de jerusalém, nunca esqueça q a soberba/prepotência d quem achava q sabia tudo das leis de Deus ajudou a levá-lo para cruz.
    Sou filha de Deus, sou humilde para aceitar q minha salvação depende não das minhas teologias, mas das minhas ações (amar o próximo, se qual for, como a mim mesmo) e que não sou melhor do que ninguém e q tenho muito a aprender e nenhum direito de condenar ou me achar superior. O dia q eu achar q tenho a certeza da minha salvaçção "céu" e o poder de dizer com certeza q outros não serão salvos, eu prefiro morrer pois me acharei a pior das pessoas e a mais pecadoras de todas pois terei perdido a humildade tão pregada por jesus. Só Deus é o dono da verdade e tem o direito de julgar

    ResponderExcluir
  17. Eu não estou aqui condenando ninguém ao inferno, porém eu tenho a certeza da minha salvação, ora se não tenha a certeza, significa que minha fé não é verdadeira.

    Sinto lhe informar e devo repetir a última postagem, pois do que adianta ler a bíblia e não seguí-la?

    Não podemos apoiar aquilo que Deus condena, se Ele condena é por que não tem partido naquilo.

    Veja as referencias que dei não só neste artigo como também em outros sobre o espiritismo.

    No mais, deixo aqui a última parte, pois acho que não lestes direito:

    A bíblia nos ensina que "fora de Cristo não há salvação" - o espiritismo mostra uma salvação fora dele!

    A bíblia nos ensina que existe um céu e o inferno, que também no final haverá o lago de fogo. Isto é claro, se quiser, depois lhe dou as referencias.

    Por último, como sempre falo com os outros, Deus não criou filhos, todo ser humano é uma CRIATURA, sendo que Deus teve apenas UM FILHO, Jesus, ao que nele crendo recebe a ADOÇÃO de filho, e o Senhor lhe dá poder para SER FEITO UM FILHO DE DEUS.

    Nós quando temos esta confissão de fé, viramos co-herdeiros com o que é o verdadeiro, Jesus, a única fonte de salvação, não pelas obras, para que ninguém se glorie, mas pela misericórdia.

    No mais, a bíblia nos chama a atenção para observarmos a BONDADE E A SEVERIDADE de Deus.

    Amém!

    ResponderExcluir
  18. Aff! Discussão inútil.. É por isso que eu tenho sempre um pé atrás com os evangélicos.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo,
    não veja estes comentários como inúteis, veja como uma forma de Deus nos ensinarmos.
    Não sei se você é mãe ou pai!
    Vamos dizer que seu filho comece a se envolver com pessoas que vão levá-lo para um caminho que irá prejudicá-lo. Você deixaria que ele seguisse em frente com estas amizades ou iria conversar (até reprendê-lo) para que se afastasse delas?

    ResponderExcluir
  20. parabens muito bem explicado

    ResponderExcluir
  21. criticar e muito facil ver erros e muito facil quero ver fazer iqual o melhor vamos pensar por outro lado das pessoas que nao conhece a biblia elas podem ter sido de grande contribuiçao na fe

    ResponderExcluir
  22. Deus não vai querer saber da religião de ninguem quando chegar a hora. Vais querer saber sim, que tipo de pessoa fomos na Terra. Não basta saber os ensinamentos de Jesus se esses ficam somente dentro de uma Igreja, de um templo que seja ou somente ditos da boca pra fora. Mais espiritualidade, e menos religiosidade.

    ResponderExcluir
  23. e (complementando acima), a verdadeira religião é aquela que melhor nos eleva (cada um de acordo com suas necessidades/capacidades) para mais próximos de Deus. Sem a Reencarnação, como se poderia chegar até Deus com apenas uma existência? Ou Ele não aceitaria alguém impuro ou perdoaria a todos. Ninguém pode ser salvo com uma unica existência (é muito pouco tempo para Ascender tanto), Deus não dá o fruto senão por muito trabalho, merecimento e misericórdia. A Ceara é grande e para trabalhar nela Deus nos dá várias oportunidades de nos melhorar , saibamos aproveitá-las! Que tipo de pai condenaria um filho a um sofrimento eterno, sem esperança? Isto é sádico. Deus ao contrario sempre nos dá uma nova oportunidade de nos redimir, nos pune de acordo com nossas faltas, entretanto esta punição está cheia de sabedoria e ensinamento para nos ensinar de forma mais eficaz. Deus nunca nos abandona mesmo quando nos afastamos dele,tanto encarnados quanto desencarnados Deus abençoa com sua graça porque a misericórdia dele é infinita!! Assim sendo, o futuro alem tumba do homem é o que mais faz jus ao Amor de Deus porque nosso fim ultimo é estar junto Dele!!

    ResponderExcluir
  24. E óbvio que eu como conhecedor das palavras de Deus enxergaria... Será que Vc enxerga alguma humildade nessas suas palavras? Tem certeza que conhece tanto assim as palavras de Deus? E conhecedor de tudo entre os céus e a terra?

    ResponderExcluir
  25. E óbvio que eu como conhecedor das palavras de Deus enxergaria... Será que Vc enxerga alguma humildade nessas suas palavras? Tem certeza que conhece tanto assim as palavras de Deus? E conhecedor de tudo entre os céus e a terra?

    ResponderExcluir